Guarulhosweb
WhatsApp:(11) 9 4702.3664

Apesar de dizer que está aposentado, Elói costura candidatura a governador

Redação Guarulhosweb    22/12/2017 15:15

 

Nem mesmo a acachapante derrota nas urnas em 2016, quando não conseguiu nem chegar ao segundo turno na disputa pela Prefeitura de Guarulhos fez o ex-prefeito Elói Pietá (PT) desistir das eleições. Em mais de uma oportunidade, garantiu em entrevistas à mídia local, que está aposentado e não pretende mais concorrer a qualquer cargo eletivo. 
 
Porém, mais uma vez demonstrando que manter a palavra não é seu forte, Pietá apresentou nesta quinta-feira, em evento na Assembleia Legislativa, projeto para ser candidato do PT ao governo do Estado. O partido que nunca conseguiu vencer uma eleição em São Paulo segue dividido e sem ter um rumo definido para 2018, diante da incerteza sobre a possibilidade do condenado ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva pode concorrer à Presidência. 
 
O nome mais cotado do PT para concorrer ao Palácio dos Bandeirantes seria Fernando Haddad, ex-prefeito paulistano. Porém, se Lula for impedido pela Justiça de disputar as eleições, é provável que Haddad seja alçado para a disputa ao Planalto. Desta forma, abre-se a possibilidade de ocorrer prévias no PT  para escolha do nome que concorrerá ao cargo máximo do Palácio dos Bandeirantes.
 
Até então, somente o ex-prefeito de São Bernardo e atual presidente do PT estadual, Luiz Marinho, vinha se apresentando como pré-candidato ao Governo. Houve até lançamento da pré-candidatura de Marinho no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, com a presença do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, no dia 1º.
 
Sabendo da fragilidade de Marinho, que aparece em diferentes casos de investigação, Pietá tenta se apresentar como alternativa. Prefeito de Guarulhos entre 2001 e 2008, depois de eleger Sebastião Almeida como seu sucessor, não conseguiu nem chegar ao segundo turno em 2016. Ele concorreu à prefeitura local novamente e ficou na terceira colocação.
 
Apesar de negar publicamente querer ser candidato em 2018, Pietá – que tem poucas chances de ser o candidato do PT ao Governo – deverá buscar uma vaga na Câmara Federal, o que pode frustrar os planos do atual deputado estadual Alencar Santana (PT), que ambiciona ir para Brasília após dois mandatos seguidos na Assembleia Legislativa. 
 

 

 

Insira seu comentário

Todos os comentários e opiniões expressas são de inteira responsabilidade dos autores.

Comentários:

  1. Marcos Nogueira 31/12/2017 18:56

    Análise

    Espera-se de um meio de comunicação, ao menos, imparcialidade em suas matérias. Porém, o que vemos é somente crítica, com teor parcial da matéria. "(..)mais uma vez demonstrando que manter a palavra não é o seu forte(...)", fica difícil buscar informação aqui.

Insira um comentário