Guarulhosweb
WhatsApp:(11) 9 4702.3664

Julio Brant acusa Eurico de desmanche no Vasco e promete rever decisões

Redação Guarulhosweb    12/01/2018 13:24

 


O imbróglio político no Vasco ganhou novos capítulos nas últimas horas, com acusações de que a atual gestão, presidida por Eurico Miranda, estaria agindo deliberadamente para desmanchar o elenco do time profissional e até mesmo a estrutura do clube. Diante da situação, Julio Brant, eleito para assumir o time carioca com a anulação de votos de uma urna, convocou entrevista coletiva para esta sexta-feira, tendo declarado que está agindo para "proteger" o Vasco.

Utilizando um discurso forte e recheado de críticas a Eurico, Brant afirmou que estava "destronando" o dirigente da presidência do Vasco, e assegurou não temer assumir o comando do clube com graves problemas. "Eles estão criando o caos. Mas não se preocupem, vamos resolver. Não temos medo do caos", declarou.

Brant também comentou as informações de que objetos, computadores e equipamentos estariam sendo retirados de São Januário nas últimas horas e explicou que registrou um boletim de ocorrência sobre a acusação para que a polícia e a Justiça investiguem a situação. Além disso, a energia no clube foi cortada por deficiência técnica pela Light.

Nos últimos dias, o time perdeu vários jogadores que se destacaram em 2017, como o zagueiro Anderson Martins, que acertou a rescisão do seu contrato e se transferiu para o São Paulo, o lateral-direito Madson, negociado com o Grêmio, e o meio-campista Mateus Vital, prestes a ser anunciado como reforço do Corinthians.

"Qualquer negociação claramente prejudicial, será revertida. Fica o recado para os que fazem negociações com o clube. É até antiético você fazer negociações deste tipo nesse momento. Qualquer um que tenha ética se negaria a fazer", afirmou Brant.

De acordo com o dirigente, ele e alguns emissários tentaram negociar uma transição na gestão do Vasco, mas as conversas não avançaram. "Tentei criar um grupo de transição, mas nada foi feito. Liguei, pessoas próximas a mim tentaram contato com o presidente, mas foi negado. Sugerimos até um grupo que trabalhasse de maneira sigilosa", revelou.

O mandato de Eurico no Vasco se encerra em 16 de janeiro. Para Brant assumir, porém, o comando do Conselho Deliberativo do clube precisa marcar uma reunião para os dias seguintes, onde ele seria formalizado de acordo com as últimas decisões da Justiça sobre a eleição realizada no ano passado.
copyright guarulhosweb

 

 

Insira seu comentário

Seja o Primeiro a comentar esta noticia

Insira um comentário