Guarulhosweb
   

Chuva desta quinta-feira em Guarulhos teve ventos de 51 km/h e granizo

Katia Russões - Do GuarulhosWeb    12/01/2018 15:22

 

A forte chuva que atingiu Guarulhos na tarde desta quinta-feira (12) causou estragos em diversas regiões da cidade. Segundo a Coordenadoria de Defesa Civil foram atendidos 14 ocorrências. O site Climatempo informou que os ventos chegaram a 51km/h, dados registrados no Aeroporto Internacional de São Paulo em Guarulhos. Houve queda de granizo em diversos bairros da região central. Apesar das ocorrências ninguém se feriu.
 
Duas famílias foram retiradas de suas residências, uma na rua das Cubas, com alojamento em casa de parentes, até a finalização da manutenção do estuque que desabou parcialmente. E na avenida Lindomar Gomes de Oliveira, em uma moradia de alvenaria à beira rio, a família foi notificada e alojada em casa de amigos após a identificação de risco iminente.
 
Houve o registro de sete quedas de árvores. Dois casos ocorreram na rua Regente Feijó e o restante nas ruas Laranjal, Orlândia,  Nossa Senhora Aparecida, Ari Barroso e Canutama e uma queda de galho em fiações elétricas, na rua Oswaldo Cruz, região central.
 
A UBS Jardim Paraventi, sofreu uma erosão em calçada próxima à rede de esgoto na rua Manoel Quintão e uma queda de muro, na rua Claudino Barbosa.
 
Previsão de novas pancadas de chuva
 
A cidade permanece com possibilidade de chuvas até a próxima terça-feira (16). A Coordenadoria de Defesa Civil afirmou que “segue realizando o acompanhamento constante das áreas de risco iminente, além dos estudos e vistorias em outros locais. Por meio do programa “Comunidade mais Segura”, também faz a orientação da população sobre a "prevenção" de desastres naturais”.
 
A Defesa Civil explicou ainda que conta com as demais secretarias, nas ações de desassoreamento de rios e córregos, limpeza de pontos de descarte irregular, cobertura de talude, correções estruturais e o acolhimento das famílias atingidas por desastres ou que residem em zonas de declividade.
 
A execução do Plano Verão de prevenção a desastres naturais começou em novembro e irá até o final de março.

 

 

Insira seu comentário

Seja o Primeiro a comentar esta noticia

Insira um comentário