Guarulhosweb
WhatsApp:(11) 9 4702.3664

Peterhansel bate em árvore e Sainz fica muito próximo do título do Rally Dakar

Redação Guarulhosweb    19/01/2018 22:44

 


O título da edição de 2018 do Rally Dakar - a competição off road mais importante do mundo - entre os carros está muito perto de ficar com o espanhol Carlos Sainz. Nesta sexta-feira, na 13.ª e penúltima etapa, entre as cidades argentinas de San Juan e Córdoba, o piloto da Espanha chegou em sexto lugar, mas se aproveitou de um acidente de seu perseguidor mais próximo, o francês Stephane Peterhansel, que bateu em uma árvore e perdeu muito tempo para cruzar a linha de chegada.

Antes da etapa desta sexta-feira, Stephane Peterhansel estava a 45 minutos de Carlos Sainz e a 20 à frente do príncipe catariano Nasser Al-Attiyah. O choque do carro em um árvore no início do estágio resultou em danos na direção de seu carro e um entorse no polegar. Assistido pelo companheiro de equipe Cyril Despres, perdeu quase uma hora para chegar à zona neutra, onde foi atendido por uma equipe de assistência. Completou a etapa com mais de uma hora de atraso e agora é o quarto colocado na classificação geral.

Nasser Al-Attiyah dominou a etapa, conseguindo sua quarta vitória nesta edição do Rally Dakar. O espanhol Lucio Alvarez e o francês Giniel de Villiers chegaram após o piloto do Catar. Mesmo chegando em sexto lugar, Carlos Sainz tem uma vantagem de 46 minutos para o catariano. A competição terá a sua conclusão neste sábado com o percurso de 120 km ao redor da cidade de Córdoba.

Entre as motos, a etapa desta sexta-feira, de 424 km, foi cortada pela metade por causa das más condições do percurso. O australiano Toby Price venceu com mais de dois minutos de vantagem para o argentino Kevin Benavides.

Líder na classificação geral, o austríaco Matthias Walkner começou o dia com uma diferença de 32 minutos para Kevin Benavides, terminou a etapa em quarto e perdeu 11min32s de sua vantagem sobre o argentino. Mesmo assim, está com 22min31s na frente do piloto sul-americano.

 

 

Insira seu comentário

Seja o Primeiro a comentar esta noticia

Insira um comentário