Guarulhosweb
   

PF apreende 16 Kg de cocaína no Aeroporto de Guarulhos

Redação Guarulhosweb    07/02/2018 12:00

 

Duas mulheres e um homem foram detidos pela Polícia Federal, na terça-feira (6), com cocaína dentro de suas bagagens. Os acusados eram passageiros do Aeroporto Internacional de São Paulo, em Cumbica, e estavam embarcando para a Angola e Portugal. As prisões aconteceram em ações simultâneas.
 
Os suspeitos de tráfico internacional de drogas pretendiam embarcar para o exterior levando 16 Kg da droga. Com um alemão de 40 anos, policiais que fiscalizam os passageiros que transitam pelo saguão do terminal 3 e balcões de check-in encontraram 12 tijolos contendo doze quilos de cocaína. O homem, que portava duas malas e pretendia embarcar para Portugal, levantou suspeitas dos policiais por ficar nervoso com a abordagem. Ao ser conduzido para revista ele alegou não possuir as chaves de uma mala grande, forçando os policiais a quebrarem o cadeado. Dentro da mala os tijolos de cocaína estavam envoltos em uma toalha.
 
Neste mesmo terminal, outra equipe de policiais analisou, por meio do aparelho de raio-x, no porão de bagagens despachadas para voo com destino a Lisboa, Portugal, a mala de uma passageira brasileira e identificou material suspeito dentro de quatro volumes contidos nesta mala. A mulher, de 20 anos de idade, foi localizada pelos policiais na sala de embarque e conduzida à delegacia para acompanhar a revista em sua mala. Dentro de 4 frascos de cosméticos os peritos federais encontraram dois quilos de cocaína.
 
Já no terminal 4, policiais federais que atuam com o auxílio de cães farejadores, identificaram uma passageira suspeita e a localizaram na sala de embarque. A mulher de 36 anos, da África do Sul, embarcaria com destino a Luanda, capital de Angola. Ela foi entrevistada pelos policiais federais e conduzida a uma sala reservada para passar por busca pessoal e revista de seus pertences de mão. Dentro da estrutura de uma mala de mão os policiais localizaram um pó que, após a realização dos exames periciais, foi identificado como cocaína, cujo peso bruto somou dois quilos.
 
Os presos serão encaminhados aos presídios estaduais onde permanecerão à disposição da Justiça, respondendo pelo crime de tráfico internacional de drogas.
 

 

 

Insira seu comentário

Seja o Primeiro a comentar esta noticia

Insira um comentário