Guarulhosweb
   

Reese Witherspoon também sofreu estresse pós-traumático após assédio

Redação Guarulhosweb    09/02/2018 13:28

 


Depois de Salma Hayek admitir ter sofrido estresse pós-traumático em meio às denúncias de abuso sexual contra o ex-produtor Harwey Weinstein, agora se sabe que a atriz Reese Witherspoon também foi uma vítima da doença. Quem trouxe o assunto à tona foi a apresentadora Oprah Winfrey, que percebeu os sintomas em Reese.

"Eu me lembro de Reese dizendo", introduziu Oprah: "Isso é tão triste. Todas as vezes que alguém menciona o nome dele eu começo a chorar. E sempre que escuto alguém falando sobre o assunto, eu fico muito triste e não durmo já há dois dias". Na sequência, Oprah teria perguntado se alguma coisa havia acontecido a Reese. "Ninguém disse nada na época", lembrou a apresentadora.

Em outubro do ano passado, enquanto relatos eram publicados no jornal "The New York Times", Reese revelou que ela também era uma vítima do assédio sexual. A fala foi na 24º edição da "Elles Anual Women in Hollywood Celebration". "Eu sinto um desgosto e desprezo pelo diretor que me assediou quando eu tinha 16 anos e também pelos agentes e produtores que me fizeram acreditar que o silêncio era condição para o emprego", disse Reese no discurso.

A atriz também foi convidada do programa "Super Soul Sunday", o mesmo em que Salma Hayek esteve na última quarta, 7. Na ocasião ela falou sobre o relacionamento abusivo que viveu quando era mais nova. "Hoje sou ambiciosa e tenho autoestima porque alguém tentou me tirar essas coisas no passado".

 

 

Insira seu comentário

Seja o Primeiro a comentar esta noticia

Insira um comentário