Guarulhosweb
   

Sob orientação do TCE, Prefeitura diz que fará licitação por transporte escolar

Katia Russões    09/02/2018 16:19

 

Terminou, nesta tarde, o protesto que um grupo de condutores do transporte escolar gratuito, que prestam serviço para a Prefeitura de Guarulhos, faziam desde a manhã desta sexta-feira (9) em frente ao Paço Municipal, no Bom Clima, para solicitar uma posição da administração com relação aos contratos que devem vencer em março.
 
Eles reivindicam um contrato permanente que teria sido aprovado através de um processo seletivo feito há 12 anos. O grupo teme que uma nova seleção seja feita por sorteio agora e retire alguns profissionais das ruas.
 
A Prefeitura afirmou ao GuarulhosWeb que o novo processo de contratação do serviço vai obedecer a legislação, conforme orientação do Tribunal de Contas do Estado (TCE). Atualmente, segundo a administração, são 183 transportadores contratados, cujos contratos têm vencimento no dia 12 de março de 2018. “Após o vencimento de tais contratos, e em atendimento às recomendações do TCE para reestruturação da forma de contratação, a Prefeitura informou que será realizado processo licitatório, de modo a garantir e dar oportunidade de participação de todos prestadores de serviço, tornando o processo mais justo, transparente e atendendo os requisitos da lei”, afirmou a Prefeitura, em nota.
 
Ainda de acordo com a administração, os transportadores contratados recebem um repasse no valor entre R$ 5.887,00 e R$ 9.742,00 para transportar gratuitamente as crianças das escolas da rede municipal.
 
Os manifestantes se reuniram às 8h e seguiram em carreata para o Paço Municipal, onde estacionaram suas vans e permaneceram aguardando atendimento pela Prefeitura.
 

 

 

Insira seu comentário

Seja o Primeiro a comentar esta noticia

Insira um comentário