Guarulhosweb
   

Serena perde em sua volta, mas Estados Unidos avançam à semifinal da Fed Cup

Redação Guarulhosweb    11/02/2018 19:59

 


Os Estados Unidos eliminaram a Holanda neste domingo pelo placar final de 3 a 1 e avançaram às semifinais da Fed Cup, a versão feminina da Copa Davis. O confronto realizado em Asheville, nos Estados Unidos, marcou o retorno de Serena Williams às quadras.

No sábado, as norte-americanas haviam aberto 2 a 0 de vantagem e precisavam de apenas uma vitória nos jogos de domingo para confirmar a classificação. E ela veio com Venus Williams, que derrotou Richel Hogenkamp por 2 sets a 0, com parciais de 7/5 e 6/1. Com a vaga assegurada, não houve a necessidade da outra partida de simples.

Mas o duelo de duplas aconteceu e marcou a volta de Serena às quadras. A ex-número 1 do mundo ficou afastada do circuito profissional por mais de um ano - seu último jogo oficial foi em 28 de janeiro de 2017. O motivo: há seis meses ela deu à luz a sua primeira filha, Alexis.

Ao lado da irmã Vênus, no entanto, ela demonstrou que precisa reencontrar a melhor forma. As Williams perderam fácil para Lesley Kerkhove e Demi Schuurs por 6/2 e 6/3. Na próxima fase, os Estados Unidos enfrentarão a França.

Mesmo jogando em casa, no sintético coberto de Mouilleron le Captif, a equipe francesa encontrou muita dificuldade para eliminar a Bélgica. Após terminar o sábado empatadas em 1 a 1, Kristina Mladenovic bateu Elise Mertens por duplo 6/4 e colocou as anfitriãs em vantagem.

Na sequência, Pauline Parmentier, que já havia sido derrotada no sábado, perdeu novamente. Desta vez, para Alison van Uytvanick por 6/1 e 6/3. Com isso, a definição ficou para as duplas. Mladenovic voltou às quadras e, ao lado de Amandine Hesse, comandou a vitória sobre Mertens e Flipkens pelo placar de 6/4, 2/6 e 6/2.

REPÚBLICA CHECA ATROPELA - A República Checa fez 3 a 1 na Suíça, em casa, e continua firme e forte para manter sua hegemonia na competição, já que venceu cinco das últimas sete edições. Neste domingo, o país garantiu pela décima vez consecutiva vaga nas semifinais do torneio.

Depois de abrir 2 a 0 no sábado, Petra Kvitova derrotou Belinda Bencic sem muita dificuldade, por 6/2 e 6/4, e confirmou a classificação. A República Checa encerrou o confronto de simples perdendo apenas um set nas três partidas.

O ponto de honra das suíças veio no duelo de duplas. Timea Bacsinszky e Jil Teichmann derrotaram Barbora Strycova e Lucie Safarova, de virada, por 2 sets a 1, com parciais de 1/6, 6/4 e 10/8.

DESFALCADA, ALEMANHA AVANÇA - Sem as duas tenistas top 10 do ranking da WTA Angelique Kerber e Julia Goerges, a Alemanha surpreendeu a Bielo-Rússia, atual vice-campeã, e garantiu a classificação, fora de casa, em um emocionante quinto jogo.

O sábado terminou empatado em 1 a 1. No domingo, Tatjana Maria derrotou Vera Lapko por 6/4, 5/7 e 6/0 e colocou as alemãs em vantagem. Em seguida, Aryna Sabalenka deu o troco, bateu Antonia Lottner por 6/3, 5/7 e 6/2, e deixou tudo igual.

Nas duplas, Maria atuou ao lado de Anna-Lena Grönefeld e Sabalenka formou parceria com Lidziya Marozava. A Bielo-Rússia saiu na frente em um disputado primeiro set, mas depois levou a virada. Com parciais de 6/7 (7/9), 7/5 e 6/4, a Alemanha garantiu vaga nas semifinais da Fed Cup.

As semifinais da Fed Cup acontecem nos dias 21 e 22 de abril. A Alemanha jogará em casa contra a República Checa e a França receberá os Estados Unidos. O local e o tipo de piso em que serão disputadas as partidas ainda não foram definidos.

 

 

Insira seu comentário

Seja o Primeiro a comentar esta noticia

Insira um comentário