Guarulhosweb
   

Rolezinho no Bosque Maia reúne 4 mil pessoas e acaba em tumulto

Katia Russões / Foto: reprodução internet    14/02/2018 16:43

 

Cerca de 4 mil pessoas se reuniram no Bosque Maia na tarde de terça-feira, 13/02, para um encontro conhecido como “rolezinho”, como ficaram conhecidos nos últimos anos esses eventos marcados pela internet pelos jovens para “ocupar” espaços públicos. Vídeos publicados em redes sociais mostram a multidão ouvindo música alta e subindo nas grades do parque.
 
O encontro foi interrompido pela Guarda Civil Municipal (GCM), após a superlotação do espaço e a confirmação do consumo de bebidas alcoólicas e drogas. Houve confusão.
 
Ao GuarulhosWeb, a Secretaria para Assuntos de Segurança Pública informou que a GCM foi acionada e, ao comparecer ao local, foi recebida com pedras, garrafas e latas. “Diante disso, para preservar a ordem pública e garantir a segurança dos demais usuários do parque, foi preciso intervir com o uso progressivo da força, dispersando os grupos por portões opostos, a fim de evitar novos tumultos”, afirmou a pasta, em nota.
 
Apesar da confusão, a Prefeitura informou que nenhum dano ao patrimônio público foi registrado. E não houve casos de pessoas lesionadas ou detidas.
 
Ao menos duas bombas de efeito moral foram usadas na dispersão dos jovens. A movimentação foi gravada por diversos internautas que divulgaram as imagens através das redes sociais. Internautas acreditam que a falta de um espaço de lazer para os jovens seja um dos motivos que levaram os jovens a escolher o Bosque Maia para o encontro.
 

 

 

Insira seu comentário

Todos os comentários e opiniões expressas são de inteira responsabilidade dos autores.

Comentários:

  1. Matheus 15/02/2018 12:14

    Futuro

    Está ai o futuro da nossa nação, jovens sem estudo e sem perspectiva nenhuma de vida, talvez seja culpa do governo, mais é muito mais culpa dos próprios jovens, que não se interessam por mais nada que não seja droga,sexo e funk, não estou falando todos os jovens, mais a maioria sim .....

Insira um comentário