Guarulhosweb
WhatsApp:(11) 9 4702.3664

Com um a mais, Grêmio empata com Independiente na Argentina pela Recopa

Gabriel Melloni    14/02/2018 23:57

 


O Grêmio foi à Argentina encarar o Independiente e voltará ao Brasil com sensações bem distintas. O empate por 1 a 1 desta quarta-feira, no jogo de ida de decisão da Recopa Sul-Americana, está longe de ser um mau resultado, mas as circunstâncias deixaram um gosto amargo para o torcedor gremista. Afinal, o time saiu na frente e ficou com um jogador a mais - Gigliotti foi expulso com ajuda do árbitro de vídeo - por mais de uma hora.

A verdade é que o Grêmio voltou a exibir alguns erros deste início de ano, muito em função do começo tardio da pré-temporada, graças à disputa do Mundial de Clubes do ano passado. O time pareceu perdido na marcação e na saída de bola e chegou a ser dominado pelo Independiente mesmo quando tinha um jogador a mais. O gol de Luan foi construído em um lance de esperteza do jogador diante de uma falha rival.

Mas se a atuação ficou longe de agradar, o resultado deixa o Grêmio em ótima situação para definir o título em casa, na próxima quarta-feira, quando precisará de uma vitória simples. Antes, o time volta as atenções para o Campeonato Gaúcho, pelo qual visita o Veranópolis no sábado.

O Independiente mostrou desde o início o plano de encurralar o Grêmio nesta quarta, marcando no campo de ataque e aproveitando os erros do adversário. Em falhas na saída de bola brasileira, os argentinos criaram as primeiras chances, a maioria em chutes de longe. Aos 11 minutos, Domingo tentou e jogou rente ao travessão.

Os donos da casa sofriam para invadir a área gremista, e a jogada aérea também passou a ser uma arma. Aos 16, Gastón Silva cobrou escanteio da esquerda, Meza subiu sozinho e acertou o travessão. Três minutos depois, nova chance argentina. Após ótima triangulação pela esquerda, Menéndez foi acionado e cruzou para Benítez, que perdeu na pequena área.

Mas foi justamente em uma rara pressão na marcação ofensiva do Grêmio que o primeiro gol saiu. Aos 21 minutos, Amorebieta tentou o toque para Alan Franco, mas jogou no pé de Luan. Ele mostrou qualidade para arrancar e finalizou na saída do goleiro.

O cenário do jogo, que era todo do Independiente, começava a mudar. E pareceu pender completamente para o lado gremista aos 27 minutos, quando Gigliotti acertou o cotovelo no rosto de Kannemann. O árbitro Roddy Zambrano Olmedo mostrou o cartão amarelo inicialmente, mas, avisado pelos auxiliares de vídeo, revisou a jogada e expulsou o atacante.

Só que o Grêmio se mostrou perdido em campo e foi dominado por um Independiente em desvantagem numérica. Aos 32 minutos, Gaibor cobrou falta pela esquerda, Cortez subiu para tentar o corte, mas desviou de leve, o suficiente para tirar Marcelo Grohe da jogada e selar o empate.

A torcida cresceu e, com isso, o time argentino também. Mesmo com um a menos, voltou a marcar no ataque, pressionando a defesa gremista, que se complicava. Só que a desvantagem numérica faria diferença no segundo tempo, e o Independiente cansou.

No primeiro ataque que construiu em todo o jogo, o Grêmio quase marcou o segundo. Aos sete minutos, Everton foi lançado em contra-ataque, ganhou de Gastón Silva e tocou para Cícero. No bate-rebate, Luan teve a chance, mas foi travado por Amorebieta com o gol vazio.

Cícero ainda teria um último bom momento, que jogou em cima de Campaña. Mas diante do cansaço do Independiente e da clara falta de ritmo do Grêmio, a partida perdeu em intensidade e transcorreu morna, deixando a disputa em aberto para o jogo de volta.


FICHA TÉCNICA:

INDEPENDIENTE 1 X 1 GRÊMIO

INDEPENDIENTE - Campaña; Bustos (Figal), Alan Franco, Amorebieta e Gastón Silva; Gaibor (Jonás Gutiérrez), Domingo, Meza e Martín Benítez (Leandro Fernández); Menéndez e Gigliotti. Técnico: Ariel Holan.

GRÊMIO - Marcelo Grohe; Leonardo Moura, Pedro Geromel, Kannemann e Cortez; Jaílson, Maicon, Lima (Alisson), Luan e Everton (Maicosuel); Cícero (Jael). Técnico: Renato Gaúcho.

GOLS - Luan, aos 21, e Cortez (contra), aos 32 minutos do primeiro tempo.

ÁRBITRO - Roddy Zambrano Olmedo (Fifa/Equador).

CARTÕES AMARELOS - Domingo, Leandro Fernández, Amorebieta (Independiente); Leonardo Moura, Pedro Geromel, Alisson (Grêmio).

CARTÃO VERMELHO - Gigliotti (Independiente).

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio Libertadores de América, em Avellaneda (Argentina).
copyright guarulhosweb

 

 

Insira seu comentário

Seja o Primeiro a comentar esta noticia

Insira um comentário