Guarulhosweb
WhatsApp:(11) 9 4702.3664

Acusado de agressão, GCM será indiciado e não quer falar com a imprensa

Katia Russões / Foto: reprodução internet    16/02/2018 12:49

 

O guarda civil municipal de Guarulhos acusado de agredir com coronhadas um rapaz de 23 anos em um shopping da Capital foi ouvido pela polícia, liberado e deve responder por lesão corporal. Ele não teve a identidade revelada e, segundo a Secretaria para Assuntos de Segurança, pasta à qual a GCM é vinculada, não tem interesse em falar com a imprensa.
 
A agressão aconteceu no dia 12, durante o feriado de Carnaval, dentro do banheiro do Shopping Pátio Higienópolis. A vítima é o ator João Pedro Medeiros, que deve conceder uma entrevista coletiva nesta sexta-feira (16), às 16h, em Mogi das Cruzes. João afirma que o crime teria sido motivado por homofobia.
 
O caso é investigado pelo 77°DP, no bairro Santa Cecília, em São Paulo. O delegado responsável, Ailton Camargo Braga, disse ao jornal Estado de São Paulo que o suspeito deve ser indiciado por lesão corporal. "Para esse tipo de crime não cabe a solicitação de prisão provisória", afirmou. Segundo o telejornal SPTV, o acusado teria dito à polícia que foi atacado pelo jovem e teria se defendido.
 
A Guarda Civil Municipal informou que “o comandante da corporação e a corregedoria do município estão acompanhando o caso”.
 
copyright guarulhosweb

 

 

Insira seu comentário

Seja o Primeiro a comentar esta noticia

Insira um comentário