Guarulhosweb
WhatsApp:(11) 9 4702.3664

Moradores do Bonsucesso reclamam de infraestrutura e falhas na saúde

Katia Russões    12/03/2018 11:41

 

Revoltados com diversos problemas no bairro Bonsucesso, moradores resolveram enviar ao GuarulhosWeb uma série de reivindicações, como a falta de asfalto em algumas vias da região e a precariedade do serviço oferecido pela UBS Nova Bonsucesso.
 
Com relação ao problema de pavimento, uma moradora indicou as ruas Porto Calvo, no Jardim Brasil, e Olímpio de Noronha. No local o precário asfalto existente foi instalado por uma iniciativa privada. Moradores contam que a Prefeitura costuma despejar cascalho, o que piora a situação quando chove e o material acaba se espalhando.
 
A Proguaru informou que realizou vistoria nas ruas e que foi aberta demanda sob o número 34022 para novo cascalhamento e manutenção. O serviço deve ser realizado em 20 dias. Para pavimentação a empresa esclareceu que é necessário que o munícipe entre em contato com o Fácil e solicite a ordem de serviço.
 
A UBS Nova Bonsucesso estaria, segundo os moradors, sem materiais básicos para atendimento, além de falta de profissionais e internet para a marcação de consultas. “Às vezes, quando conseguimos agendar, comparecemos cedo, como solicitado, e três horas depois somos informados que o profissional não compareceu para atender”, contou a moradora Aline Novaes.
 
A Prefeitura confirmou que o quadro de profissionais não está totalmente completo na unidade, porém, todas as pessoas que procuram a UBS são atendidas com a priorização dos casos mais urgentes.
 
A administração informou ainda que 56 profissionais trabalham no local, sendo 1 gerente, 1 supervisor, 1 farmacêutico, 1 prático de farmácia, 4 dentistas, 2 auxiliares de saúde bucal, 5 atendentes SUS, 3 médicos da família, 5 enfermeiros, 8 auxiliares em saúde e 26 agentes comunitários de saúde. São atendidas em média, 1.500 atendimentos/mês entre consultas médicas e de odontologia.
 
São oferecidas consultas médicas, de enfermagem e de odontologia, visitas domiciliares, assistência farmacêutica, atendimento multiprofissional, vacinação, exames laboratoriais, grupos educativos, acompanhamento de bolsa família, ações coletivas, curativas, aferição de sinais vitais, coleta de papanicolau, teste rápido de gravidez, Sífilis, Hepatites B e C e HIV, além de atividades intersetoriais com os demais serviços de saúde do território.
 
Com relação a marcação de consulta, a Secretaria de Saúde informou que as consultas são agendadas através do Sistema E-SUS e, quando há instabilidade de Internet – como, por exemplo, por conta de rompimento de fibra óptica que ocorreu no mês passado –, os agendamentos são efetuados manualmente e depois lançados no sistema.
 
A pasta informou ainda que os moradores podem reclamar na UBS durante as reuniões do Conselho Gestor, diretamente com o gestor da unidade para solucionar os problemas e por meio da Ouvidoria, no telefone 0800 772 2986.
 
copyright guarulhosweb

 

 

Insira seu comentário

Seja o Primeiro a comentar esta noticia

Insira um comentário