Guarulhosweb
   

No ar

Ernesto Zanon    16/03/2018 10:57

 

O secretário de Desenvolvimento Científico, Econômico, Tecnológico e Inovação, Rodrigo Barros, ficou mais de 30 minutos ao vivo, por volta das 18h desta quinta-feira, na rádio Band FM, em programação nacional. Ele destacou sua trajetória no mundo dos negócios, sua participação na área pública, destacando projetos que realiza no governo Guti. Aliás, o prefeito do PSB foi citado várias vezes por suas iniciativas em relação ao desenvolvimento econômico. 
 
Prata da casa
O vice-governador Marcio França, que assumirá o comando do Estado no início de abril, esteve pela segunda vez em Guarulhos nesta semana. Nesta quinta-feira, sempre ao lado de Guti, participou da inauguração de uma escola doada pela empresa Cummins à comunidade local. Já é possível perceber que a cidade está entre as prioridades do comandante do PSB, que deve ser candidato à sucessão de Alckmin. 
 
Furo de reportagem
Na tarde da última quarta-feira, o jornalista Paulo Manso, editor do portal GuarulhosWeb, deu um furo jornalístico, ao informar com exclusividade que Alexandre Zeitune, alvo de CEI na Câmara Municipal, estava afastado de suas atribuições na cooperativa de crédito em que figurava como vice-presidente do Conselho de Administração. A informação, três semanas após as denúncias contra ele, poderia ter sido obtida por qualquer veículo da cidade. Bastava perguntar ao banco ou ao próprio afastado. 
 
Só jornalismo
Mas isso não ocorreu. A informação só se tornou pública depois que o GuarulhosWeb recebeu uma nota oficial do sistema Siscoob, após ter encaminhado a demanda àquela cooperativa. O “furo” jornalístico não foi fruto de qualquer informação privilegiada. Foi consequência do trabalho de um jornalista sério que atua em um veículo com credibilidade. Tanto que a mesma notícia, importante diante da sucessão de fatos que envolvem Zeitune, acabou reproduzida por outros jornais e sites da cidade. A assessoria confirmou ao GuarulhosWeb que só foi procurada por outros veículos após a publicação no portal. 
 
Advogados de defesa
Chamou a atenção, porém, a atitude de algumas pessoas que saíram em defesa do vice-prefeito, querendo descontruir a verdade, já que – na tese dele – Zeitune não foi afastado, mas pediu o afastamento, o que, segundo os mesmos de sempre, teria ocorrido no início deste mês. A assessoria da cooperativa, no entanto, na nota encaminhada ao GuarulhosWeb e reproduzida no site, em momento algum citou o pedido de afastamento, frisando apenas que ele se encontrava afastado, o que suscita diferentes interpretações. 
 
Perdeu a  chance
O próprio Zeitune, inclusive, que poderia esclarecer o fato antes da reportagem ser publicada, já que foi procurado pelo jornalista, preferiu não atender a demanda, perdendo a oportunidade, mesmo que tardiamente, de informar que ele pediu para se afastar. O investigado não fez isso. Pior. Não tornou público o fato no momento em que ele teria feito o pedido, por mais estranho que isso seja, já que a cooperativa está citada nos áudios. Somente nesta quinta-feira, depois da polêmica criada, a assessoria do Siscoob esclareceu, de forma tímida, sem divulgar quando isso ocorreu, nem em que circunstâncias ou mesmo se o vice deixaria de receber algum valor devido ao afastamento, que foi a pedido. Falta ainda se tornar público algum documento que comprove essa tese.
 
 
 

 

 

Insira seu comentário

Seja o Primeiro a comentar esta noticia

Insira um comentário


estadao brasil Leia Também

19/04 07:42
Dória mal informado
18/04 07:38
Passaram vergonha
10/04 07:39
Tensão superada
05/04 07:32
Nunca antes