Guarulhosweb
WhatsApp:(11) 9 4702.3664

Levantando

Redação Guarulhosweb    22/03/2018 08:43

 

O jogador Serginho, principal entusiasta e estrela da equipe de vôlei masculino Corinthians Guarulhos, é o garoto-propaganda da Campanha do Agasalho 2018, encabeçada pelo Fundo Municipal de Solidariedade. No lançamento, na manhã desta quarta-feira, no Paço Municipal, ele prometeu participar diretamente da arrecadação, doando ele próprio seus uniformes de treino. “A cidade matou minha fome. Hoje quero ser exemplo fora das quadras”, afirmou em referência ao período inicial de sua carreira, quando dormia sob as arquibancadas do ginásio da Ponte Grande, onde treinava. 
 
Desafio do bem
Já o prefeito Guti não economizou nos números para incentivar as doações. “Vamos superar os 300 mil arrecadados no ano passado. Neste ano, a nossa meta é 500 mil”. Em forma de brincadeira, fez um rápido leilão entre as autoridades presentes. Ao ser informado que a Guarucoop, deu o pontapé inicial com a doação de mil peças, provocou o representante da Guarupass. “Se o pessoal do táxi deu mil, vocês precisam trazer 5 mil”, falou. 
 
Partiu disputa
Com a definição de dois candidatos a governador que estão diretamente ligados ao governador Geraldo Alckmin (PSDB), a disputa por sua sucessão começou quente. Enquanto o prefeito paulistano João Doria, do mesmo PSDB, tenta justificar a renúncia ao cargo apenas 15 meses após tomar posse, contrariando seu compromisso de campanha, o vice-governador Márcio França (PSB), que assume o Estado no início de abril, parte para o ataque ao ex-aliado. A grande mídia aproveita o debate, por enquanto sadio (mas nem tanto) entro os dois, para levantar a audiência. 
 
Quem vai com quem?
Em Guarulhos, a disputa entre França e Dória pode colocar em lados opostos diversos aliados do prefeito Guti, que – como não poderia deixar de ser – vai se envolver diretamente na campanha do atual vice. Mas ele já avisou que o apoio não irá interferir, de forma alguma, na gestão da Prefeitura. Pode até ser que alguns tucanos guarus não entrem de cabeça na campanha do candidato do próprio partido. 
 
Em sintonia
Em paralelo, já é possível perceber que muitos dos partidos de vereadores da base governista já anunciaram apoio a Márcio França, o que irá facilitar tanto a vida do prefeito como do candidato do PSB. Aliás, é bem provável que gente que estava em lados muito diferentes na campanha de 2016 a prefeito saia abraçado nas ruas em busca de votos. O último a embarcar foi o PPS que, apesar de não ter vereadores na cidade, tem importante peso político no Estado. 
 
copyright guarulhosweb

 

 

Insira seu comentário

Seja o Primeiro a comentar esta noticia

Insira um comentário


estadao brasil Leia Também