Guarulhosweb Guarulhosweb Rádio
WhatsApp:(11) 9 4702.3664

Deputado do PT repudia acusação de estupro feito por cunhada de 15 anos

Paulo Manso / Foto: Divulgação Alesp    30/03/2018 16:33

 

O deputado estadual Auriel Brito Leal (PT), residente e ex-vereador em Guarulhos, foi acusado de estuprar a própria cunhada, de apenas 15 anos. A jovem é irmã de Juliana Barboza Matos de Souza, com quem Auriel mantém união estável. A informação, do repórter Rômulo Magalhães, foi publicada nesta sexta-feira, 30/03, pelo jornal Folha Metropolitana.
 
O GuarulhosWeb teve acesso ao Boletim de Ocorrência nº 599/2018, registrado pela vítima na quinta-feira, 29/03, na Delegacia de Defesa da Mulher. A mulher de Auriel foi testemunha no BO. A reportagem tentou contato com o deputado, mas ele não atendeu às ligações. Por meio de sua assessoria de imprensa, ele negou a acusação.
 
“Com relação à acusação que envolve meu nome, é com muita indignação que recebo essa grave, absurda e infundada denúncia, a qual repúdio de forma veemente. Tomarei todas as medidas necessárias para esclarecer devidamente os fatos, tanto na esfera legal quanto partidária. Esses fatos denigrem minha imagem e reputação que foi construída ao longo de vários anos, não só como uma figura pública, mas, principalmente, como cidadão”, diz trecho da nota enviada ao GuarulhosWeb.
 
A cunhada de Auriel, de 1,25 metros de altura, relatou à Polícia que sofre abusos desde julho de 2017. O deputado, segundo o BO, “aproveita-se de momentos em que ninguém está observando e passa a mão nas partes íntimas da vítima”. De acordo com a vítima, a última ocorrência foi em 20 de janeiro, durante uma viagem da família a Santa Catarina.
 
“... a vítima está sofrendo muito, razão pela qual passou a se automutilar nos braços”, diz trecho do BO. A delegada Luciana Lopes Xavier requereu exame de corpo de delito. Não há necessidade de exame sexológico pelo fato de a vítima afirmar não ter havido conjunção carnal.
 
Paulistano de 51 anos, Auriel Brito vive em Guarulhos desde o primeiro ano de vida. Foi eleito vereador pela primeira vez em 2000, sendo reeleito em 2004, 2008 e 2012, sempre como o mais votado do PT na cidade. É formado em matemática pela Universidade Braz Cubas, de Mogi das Cruzes, lecionou em escolas estaduais e na rede municipal de São Paulo, daí adotar o apelido político “Professor Auriel”. Em 2014, foi eleito deputado estadual com 62.009 votos.
 
Como vereador em Guarulhos, foi autor do projeto de lei que criou o Conselho de Política para Mulheres. Atualmente na Assembleia Legislativa é suplente na Comissão de Defesa dos Direitos da Pessoa Humana. O site do Legislativo aponta os direitos da mulher como uma das áreas de atuação do parlamentar.
 
copyright guarulhosweb

 

 

Insira seu comentário

Seja o Primeiro a comentar esta noticia

Insira um comentário