Guarulhosweb Guarulhosweb Rádio
WhatsApp:(11) 9 4702.3664

Zeitune indica advogado de defesa na CEI e Rede pede arquivamento da investigação

Texto e fotos: Paulo Manso    03/04/2018 10:22

 

O vice-prefeito Alexandre Zeitune (Rede) constituiu nesta terça-feira, 03/04, o advogado Leonardo Freire Pereira para fazer sua defesa no processo pelo qual é investigado por suposta extorsão a um empresário pela Comissão Especial de Inquérito (CEI) aberta pela Câmara Municipal em fevereiro. Freire apresentou o requerimento para inclusão da Rede Sustentabilidade na CEI durante reunião da Comissão nesta manhã.
 
O pedido foi negado pelo presidente da CEI, vereador Marcelo Seminaldo (PT). “Em nenhum momento a Rede é citada nos áudios que motivaram a investigação. O partido não está sendo acusado de nada”, apontou. Para Freire, os interesses da Rede não decorrem dos resultados que podem acontecer com ela, mas com um filiado. “Dado o teor da denúncia contra um filiado é que nós entendemos que havia interesse da Rede em participar do processo”, explicou.
 
Com a negativa, o advogado apresentou uma procuração assinada por Zeitune indicando-o como seu advogado de defesa. Seminaldo observou que o prazo para que o vice-prefeito apresentasse sua defesa venceu no dia 30/03, mas ainda assim acatou a indicação.
 
No entanto, mais do que solicitar a inclusão da Rede no processo, o requerimento de Leonardo Freire pede o arquivamento das investigações. No documento de 26 páginas, ele argumenta, entre outras coisas, que houve falta de publicidade da reunião na qual foi indicado o vereador Eduardo Carneiro (PSB) como relator do processo; e impossibilidade de Zeitune ter praticado extorsão contra o empresário visto que ele não possui influência em atos do governo.
 
Membro da CEI, o vereador Geraldo Celestino (PSDB) solicitou vistas de 48 horas do documento.
 
Perícia nos áudios e interrogatório de interlocutor
Marcada com o intuito de apresentar o laudo pericial feito sobre os 14 arquivos de áudio que motivaram a abertura da CEI, a reunião desta terça foi marcada pela entrada da defesa de Zeitune no processo e de adiamento dos demais itens.
 
Marco Antônio Ferreira, convocado para uma reunião extraordinária nesta quinta-feira, 05/04, só será ouvido na próxima semana. O laudo da perícia foi encaminhado aos vereadores membros da CEI e à defesa de Zeitune e só será divulgado na terça-feira, 10/04.
 
Sobre o laudo, Seminaldo adiantou que apenas a voz do vice-prefeito foi identificada pelo perito. “É por isso que o interrogatório de Marco Ferreira é importante, para que ele diga publicamente se é ele ou não quem participa como operador nas conversas gravadas”, disse.
 
copyright guarulhosweb

 

 

Insira seu comentário

Seja o Primeiro a comentar esta noticia

Insira um comentário