Guarulhosweb
   

Câmara deve abrir CEI para investigar relação do aeroporto com a cidade

Redação Guarulhosweb    18/04/2018 13:39

 

Parlamentares participantes da Comissão Especial de Estudos (CEE) sobre a proibição de comidas delivery no aeroporto conseguiram assinaturas suficientes para a abertura de uma Comissão Especial de Inquérito (CEI) para analisar a relação do aeroporto com a cidade. Marcelo Seminaldo (PT), que foi o presidente da CEE, utilizou a Tribuna durante a Sessão Ordinária desta terça-feira (17) para afirmar que a nova CEI deverá analisar supostas irregularidades cometidas pela GRU Airport, concessionária que administra o aeroporto.
 
O requerimento com o pedido de abertura da CEI, feito por Seminaldo, foi lido em Plenário e já conta com mais de 20 assinaturas de vereadores. Segundo o documento, a Comissão deverá investigar diversos assuntos, como relação abusiva empregatícia da GRU Airport (com apreensão de refeições adquiridas pelos funcionários por meio de delivery); prática de condutas abusivas ao consumidor; bloqueio da Ponte do Rio Baquirivu; proibição de fiscalizações, inclusive da vigilância sanitária; irregularidades nos repasses de tributos municipais; entre outros.
 
“Ampliamos bastante o leque dos nossos trabalhos. Vai ser uma oportunidade de mostrar para a GRU Airport que a Lei da cidade de Guarulhos vale para todo mundo que aqui se instala”, ressaltou Seminaldo.
 
Para Eduardo Carneiro (PSB), que foi relator da Comissão de Estudos, abrir uma Comissão Especial de Inquérito é a melhor opção diante da inércia da GRU Airport durante os trabalhos da CEE. “Nosso intuito é melhorar a relação do aeroporto com a cidade de Guarulhos. Melhorando essa relação, todo mundo ganha”, destacou Carneiro.
 
 

 

 

Insira seu comentário

Seja o Primeiro a comentar esta noticia

Insira um comentário