Guarulhosweb Guarulhosweb Rádio
WhatsApp:(11) 9 4702.3664

Sem Cielo, Gabriel Santos fatura ouro nos 100m livre no Maria Lenk

Redação Guarulhosweb    19/04/2018 20:39

 


Sem a concorrência de Cesar Cielo, Gabriel Silva Santos venceu a tradicional prova dos 100 metros livre do Troféu Brasil - Maria Lenk, na noite desta quinta-feira, no Rio de Janeiro. O nadador do Pinheiros bateu na frente com o tempo de 47s98, a terceira melhor marca do mundo na temporada até agora.

A prata ficou com Pedro Henrique Spajari, que havia anotado a segunda marca do ano, nas eliminatórias da manhã. Após registrar 47s95 no começo do dia, o atleta do Pinheiros não passou dos 48s01. O bronze foi para Marco Antonio Ferreira, do Minas Tênis Clube, com 48s46.

Marcelo Chierighini (Pinheiros), que fora o segundo nas eliminatórias, anotou apenas o quarto tempo na final, com 48s48. E Bruno Fratus (Minas), que costuma obter seus melhores resultados na prova dos 50m livre, foi apenas o quinto mais veloz, com 48s68.

Cesar Cielo optou por ficar de fora da prova. Assim, nem chegou a disputar as eliminatórias, embora estivesse inscrito para disputar os 100m. Ele preferiu competir nos 50 metros costas, prova que não costuma entrar nas principais competições mundiais. Na final, o atleta do Pinheiros foi o quinto colocado, com o tempo de 25s60 - havia avançado em terceiro pela manhã.

"Não sabia usar o suporte para o pé. Mas é legal", brincou Cielo, ao fim da prova, em entrevista ao canal Sportv. "Entrei no meio dos principais caras, está bom. É uma prova que quase nunca nado. Falta um pouquinho de treino de costas", comentou o especialista em 50m e 100m livre.

A medalha de ouro foi para Guilherme Guido, que cravou 25s00. Gabriel Araujo Fantoni, do Minas, levou a prata, com 25s14. E Guilherme Dias Massê, do Pinheiros, completou o pódio, com 25s24. No feminino, Kira Marije Toussaint, do Minas, venceu a prova, com 28s11.

Outro destaque da noite foi João Gomes Júnior, campeão dos 50 metros peito. Nadando ainda mais rápido do que o fez pela manhã, o atleta do Pinheiros marcou 26s85 na final.
Felipe Lima, do Minas, foi o segundo colocado, com 26s87. E o bronze foi para Felipe França, do Unisanta, com 27s04.

Na versão feminina da prova, Jhennifer Conceição, do Pinheiros, confirmou o domínio exibido pela manhã. Ela venceu os 50m peito com 30s64. A lituana Ruta Meilutyte, que defende as cores do Flamengo na competição, repetiu o segundo melhor tempo, como fizera pela manhã, e anotou 30s75. O bronze ficou com Renata Paula Sander, do Minas, com 31s10.

Na final dos 200 metros borboleta, o ouro no masculino foi para Leonardo de Deus, com 1min55s05, para o Unisanta. Luiz Altamir Lopes Melo, do Pinheiros, faturou a prata, com 1min55s92, e Kauê da Silva Carvalho, do Corinthians, fechou o pódio, com 1min56s76.

No feminino, o título ficou com Giovanna Tomanik, do Pinheiros, com 2min12s07. Virginia Bardach Martin, do Corinthians, chegou em segundo lugar, com 2min13s05, e Nathalia Almeida, do Flamengo, faturou o bronze, com 2min15s33.

Nos 100 metros livre feminino, Larissa Martins Oliveira se recuperou da performance nas eliminatórias e conquistou o ouro. A atleta do Pinheiros marcou 54s53. Manuella Lyrio, da mesma equipe, repetiu o segundo lugar das eliminatórias, com 55s19. E Daynara de Paula (Sesi-SP), que havia sido a mais rápida da manhã, foi apenas a terceira colocada na final, com 55s44.
copyright guarulhosweb

 

 

Insira seu comentário

Seja o Primeiro a comentar esta noticia

Insira um comentário