Guarulhosweb
WhatsApp:(11) 9 4702.3664

Guti na Folha de S.Paulo

Ernesto Zanon    03/05/2018 07:41

 

O prefeito Guti (PSB) assinou artigo publicado nesta quarta-feira pelo jornal Folha de S.Paulo, em que enaltece os investimentos realizados pela Prefeitura de Guarulhos na área da saúde, chegando próximo aos 32% do orçamento de 2017. O mesmo tema já havia ganho destaque em reportagem publicada semanas atrás pelo jornal Valor Econômico. Para desespero de alguns grupos organizados, que ajudaram a destruir a cidade, e adoram propagar mentiras, a forma como a atual administração vem tratando o tema saúde ganha destaque em nível nacional. A íntegra do texto do prefeito pode ser conferida no link https://www1.folha.uol.com.br/opiniao/2018/05/gustavo-henric-costa-visibilidade-versus-resultados-na-saude.shtml a partir de um simples cadastro. 
 
A verdade vem à tona
Depois de tantas mentiras espalhadas pelas administrações passadas, sobretudo a do ex-prefeito petista Sebastião Almeida (agora no PDT), em relação ao tratamento de esgoto em Guarulhos, finalmente a verdade vem à tona. Tanto que até mesmo o Ministério Público Estadual, enganado pelo ex-prefeito, aceitou firmar um novo Termo de Ajuste de Conduta com a atual administração municipal, muito mais factível e possível de ser cumprido. 
 
Mentiroso mor
Quem não se lembra de Almeida, em entrevista ao SPTV garantindo, ainda em seu primeiro mandato que terminou em 2012, que Guarulhos já tratava metade do esgoto que produzia? Sim, ele teve a cara de pau de mentir descaradamente para a principal emissora do país em um telejornal estadual. A cidade nunca chegou nem perto desta marca. Tanto que no início de 2017, logo depois que o PT foi defenestrado do poder em Guarulhos, o Saae, sob nova administração revelou que o tratamento girava em torno de 2%. 
 
Obras de fachada
Por que tanta diferença? A conta e a explicação são simples. Apesar de ter construído três Estações de Tratamento de Esgoto, que – se estivessem funcionando em plena capacidade – teriam a capacidade de tratar 50% do esgoto da cidade, os governos do PT não fizeram a lição de casa. Investiram tão pouco em coletores que o esgoto que sai das residências não chega às estações. Preferiram investir nas grandes obras, com contratações milionárias a empreiteiras (algumas investigadas pela Lava Jato), do que levar o esgoto a seu destino final. 
 
Choque de realidade
Logo que assumiu o governo, sabendo que seria impossível honrar o TAC firmado por seu antecessor, que determinava 80% de tratamento até o final de 2017, Guti abriu o jogo para o Ministério Público Estadual e passou a mostrar a verdadeira realidade do município. Ao mesmo tempo, determinou que o Saae promovesse uma plano possível de ser cumprido. Já no primeiro ano de mandato, com obras realizadas pela própria autarquia, o tratamento chegou aos 7,5%. Com o novo acordo, conforme anunciado nesta quarta-feira pela Prefeitura, o nível de tratamento tem que chegar a 15% até o final deste ano. 
 
Oito anos
Devido à irresponsabilidade dos governos passados, os prazos foram repactuados e agora Guarulhos tem até 2026 para chegar aos 100% de esgotos tratados. Infelizmente, o atual prefeito e os próximos ficaram com o ônus deixado por administradores incompetentes e mentirosos. Fora que que milhões de reais de dinheiro público foram despejados em caras propagandas, inclusive em redes de TVs de São Paulo, para garantir que o esgoto estava sento tratado. Tudo para enganar a população. 
 
Mais verde
Devido ao descumprimento do TAC anterior pelas administrações petistas, o Saae e a Prefeitura se comprometeram a aumentar a cobertura vegetal de Guarulhos em 10% até o início de 2026, na comparação com os índices registrados em 31 de dezembro de 2017. Serão 150 mil m² a mais de área verde até o prazo final. Além disso, o município criará normas para conferir proteção especial a essas áreas.
 
copyright guarulhosweb

 

 

Insira seu comentário

Seja o Primeiro a comentar esta noticia

Insira um comentário


estadao brasil Leia Também