Guarulhosweb
WhatsApp:(11) 9 4702.3664

Federer festeja fim de jejum em Stuttgart e deseja sorte ao Brasil após empate

Redação Guarulhosweb    17/06/2018 20:20

 


Embora tenha conquistado neste domingo o 98º título de simples de sua carreira no circuito da ATP, Roger Federer não deixou de exibir certo alívio ao festejar o fato de que conseguiu ganhar pela primeira vez o Torneio de Stuttgart, ATP 250 alemão realizado em quadras de grama e preparatório para Wimbledon, Grand Slam que começa no próximo dia 2 de julho, em Londres.

"Tive algumas dificuldades aqui nos últimos anos e acabei perdendo algumas partidas apertadas, mas desta vez não foi assim. Consegui encontrar meu caminho e estou muito feliz", comemorou o tenista suíço, que garantiu o seu retorno à liderança do ranking mundial durante a sua campanha no evento alemão - ele voltará a ultrapassar o espanhol Rafael Nadal, que cairá para o segundo lugar na atualização desta segunda-feira da listagem da ATP.

Poucas horas depois de conquistar o título em Stuttgart, Federer ainda fez uma postagem em sua página na rede social Twitter na qual aparece em uma foto dirigindo um carro enquanto parecia estar voltando para a sua casa. E ele legendou a imagem com a seguinte mensagem: "Consegui chegar em casa a tempo de assistir Suíça x Brasil. Grande esforço coletivo, Suíça. Boa sorte, Brasil, no resto do caminho".

No caso, o recordista de títulos de Grand Slam fez referência ao jogo no qual a seleção brasileira empatou por 1 a 1 com os suíços, neste domingo, em Rostov, na Rússia, na estreia da Copa do Mundo. Federer postou a mensagem horas depois de ter superado o canadense Milos Raonic por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 7/6 (7/3), na final do Torneio de Stuttgart.

O suíço disputará nesta próxima semana mais um torneio alemão: o ATP 500 da Halle, onde é o atual campeão e buscará o seu décimo troféu desta competição também realizada em quadras de grama. O seu rival de estreia será o esloveno Aljaz Bedene, 72º colocado da ATP. Se faturar o decacampeonato em Halle, Federer jogará em Wimbledon com a chance de conquistar um histórico centésimo troféu para a sua carreira - e o nono do tradicional Grand Slam inglês.
copyright guarulhosweb

 

 

Insira seu comentário

Seja o Primeiro a comentar esta noticia

Insira um comentário