Guarulhosweb
WhatsApp:(11) 9 4702.3664

Afilhado de Uribe, Iván Duque herdará país ainda marcado por décadas de conflito

AP    17/06/2018 21:09

 


O conservador Iván Duque foi eleito neste domingo, 17, presidente da Colômbia ao vencer o ex-guerrilheiro Gustavo Petro num tenso segundo turno eleitoral, que dividiu os colombianos em um momento crítico na história do país. Com 99,67% das urnas apuradas, Duque conta com 54% dos votos, 12 pontos à frente do rival Petro.

Com 41 anos, o afilhado político do ex-presidente Pedro Uribe se torna o mais jovem presidente eleito da Colômbia em mais de um século.

Durante a campanha, Duque mostrou-se contrário ao acordo com as Farc, prometendo endurecer guerra contra as drogas. Seu adversário, Gustavo Petro, por sua vez, atraiu multidões com seus discursos inflamados, prometendo melhorar a vida dos mais pobres.

"Eu vim aqui para realizar um sonho", disse Duque após votar neste domingo. "Para a Colômbia ser governada por uma nova geração, aquela que quer governar para todos. Um governo que una o país e mude a página da corrupção".

Eleito para presidir a Colômbia até 2022, o novo presidente herdará um país ainda marcado por mais de cinco décadas de conflito sangrento pela crescente produção de coca. Ex-guerrilheiros das Farc tentam se reinserir na vida civil em um país onde muitos permanecem hesitantes em perdoar. Vastas faixas de território remoto permanecem sob o controle de violentas máfias de drogas e bandos rebeldes.
copyright guarulhosweb

 

 

Insira seu comentário

Seja o Primeiro a comentar esta noticia

Insira um comentário