Guarulhosweb
WhatsApp:(11) 9 4702.3664

Scott Dixon vence a etapa de Toronto e aumenta vantagem na liderança da Indy

Redação Guarulhosweb    15/07/2018 19:12

 


O neozelandês Scott Dixon voltou a vencer neste domingo a etapa de Toronto da Fórmula Indy e encerrou um jejum de triunfos na prova canadense, que ele não ganhava desde 2013. Foi a terceira vitória em 12 corridas do piloto da Chip Ganassi na atual temporada, a 44.ª da carreira da lenda do automobilismo - é o terceiro maior vencedor da história da categoria.

Faltando cinco provas para o fim do campeonato, o tetracampeão aumentou de 33 para 62 pontos a vantagem na liderança na classificação geral. Agora, tem 464 pontos. O segundo colocado, Josef Newgarden, da Penske, está com 402. Dono da pole neste domingo, o norte-americano permaneceu 25 voltas na ponta, mas fechou a corrida apenas na nona posição. Ainda assim, manteve a vice-liderança do campeonato.

Dixon cravou o segundo melhor tempo no treino de classificação, no sábado. Fez uma corrida regular, sempre se mantendo nas primeiras posições. Ficou 49 das 85 voltas na ponta. A prova teve três bandeiras amarelas em sua primeira metade por causa de alguns acidentes. Depois, apenas alguns toques e raspadas nos carros nos muros do apertado circuito montado pelas ruas da maior cidade do Canadá.

Na parte final da prova, Dixon abriu boa vantagem para o segundo colocado, Simon Pagenaud, da Penske. O francês vinha se aproximando volta a volta, até ficar a menos de dois segundos do líder. Mas não conseguiu exercer pressão e o neozelandês recebeu a bandeira quadriculada tranquilo.

Completando o pódio da etapa de Toronto, na terceira posição ficou o canadense Robert Wickens, da Schmidt Peterson Motorsports, que havia largado do décimo lugar. Em quarto chegou seu companheiro de equipe James Hinchcliffe, outro piloto que corria em casa.

Na quinta posição veio a surpresa da prova: o norte-americano Charlie Kimball, da Carlin, que saiu da 20.ª posição, fez uma corrida de recuperação e de boa estratégia.

O brasileiro Tony Kanaan, da A.J. Foyt, herdou a sexta colocação na última volta, pois Marco Andretti, que estava entre os líderes, teve problemas com seu carro e terminou em décimo.

O outro brasileiro do grid atual da Indy, Matheus Leist, que largou em 12.º, fez boa corrida, mas foi prejudicado pela estratégia de três paradas da equipe A.J. Foyt. Faltando 25 voltas, o jovem piloto de 19 anos chegou a estar em sexto, próximo aos primeiros colocados, mas teve o ritmo quebrado e terminou em 15.º.

A próxima etapa da Fórmula Indy será daqui a duas semanas, no dia 29, em Mid-Ohio, em Lexington, no Estados Unidos.
copyright guarulhosweb

 

 

Insira seu comentário

Seja o Primeiro a comentar esta noticia

Insira um comentário