Guarulhosweb
WhatsApp:(11) 9 4702.3664

Partido aliado de Merkel perde maioria no parlamento estadual da Bavária

AE    14/10/2018 22:22

 


Os aliados conservadores da chanceler alemã Angela Merkel perderam a maioria absoluta no parlamento estadual da Bavária por uma ampla margem nas eleições regionais deste domingo, um resultado que pode causar mais turbulência dentro do governo.

A União Social Cristã (CSU, na sigla em alemão) obteve 37,2% dos votos, abaixo dos 47,7% de cinco anos atrás. Foi o pior desempenho do partido desde 1950 em uma eleição estadual na Bavária, onde tem tradicionalmente dominado. Enfrentamentos constantes no governo nacional de Merkel e uma disputa pelo poder na Bavária atrapalharam o desempenho da CSU. O partido está tradicionalmente mais à direita do que a sigla da chanceler e adotou uma linha dura sobre migração, em confronto com Merkel sobre o assunto.

Houve ganhos para partidos à esquerda e à direita. Os Verdes tiveram 17,5% dos votos, o dobro de seu apoio em 2013. O partido de extrema direita Alternativa para a Alemanha (AfD) entrou na legislatura estadual com 10,2% dos votos.

Enquanto isso, o Partido Social-Democrata, de centro-esquerda, outra sigla que faz parte da coalização nacional de Merkel, terminou em quinto lugar com 9,7% dos votos, menos da metade do que recebeu em 2013 e seu pior desempenho desde a Segunda Guerra Mundial.

O CSU governa a Bavária, o próspero Estado que abriga cerca de 13 milhões dos 82 milhões de habitantes da Alemanha, há mais de seis décadas. Necessitar de parceiros de coalizão para governar é em si um grande revés para o partido, que existe apenas na Bavária e detinha uma maioria absoluta no Parlamento do Estado. "Claro que este não é um dia fácil para a CSU", disse o governador do Estado, Markus Soeder, a apoiadores em Munique, acrescentando que o partido aceitou o "doloroso" resultado "com humildade". Fonte: Associated Press.
copyright guarulhosweb

 

 

Insira seu comentário

Seja o Primeiro a comentar esta noticia

Insira um comentário