Guarulhosweb
WhatsApp:(11) 9 4702.3664

Motorista garante ter puxado freio de mão de ônibus que matou um no Centro

Katia Russões    12/11/2018 13:48

 

A polícia aguarda o resultado da perícia que deve apontar as causas do acidente que provocou a morte de um homem de 24 anos, na manhã de sexta-feira, 9/11, na região central. Na ocasião, um ônibus, sem o motorista, estava estacionado em frente a um hotel da Rua Dr. Ramos de Azevedo, voltou de ré, arrastou outros veículos, atropelou um pedestre, atravessou uma das mais movimentadas vias da cidade, a Ladeira Campos Sales, e só parou após se chocar com um dos prédios da Universidade de Guarulhos (UNG).
 
Para a polícia, o motorista, de 43 anos, contou que estacionou em frente ao hotel, onde pegaria um passageiro, e desembarcou do veículo para anunciar sua chegada. Ele alega que acionou o pisca alerta e o freio de mão do coletivo. O motorista afirmou ainda que o ônibus conta com um dispositivo que bloqueia a abertura da porta do veículo caso o freio de mão não esteja acionado. Já dentro do hotel ouviu um rapaz gritando dizendo que o ônibus estava descendo a rua e ao chegar na via se deparou com o veículo atingindo outros carros que estavam estacionados e atropelando um homem. 
 
Imagens de uma câmera de segurança instalada em um condomínio no local do acidente registraram o momento do atropelamento de Heverton da Silva Franca, que estava em encostado em um dos automóveis. Ao fundo é possível ver o momento que o motorista do coletivo corre em direção ao ônibus. 
 
A polícia solicitou perícia no local, além de constatação de eficácia do sistema de freio de ônibus, o que deve indicar o motivo do acidente. O boletim de ocorrência foi registrado como morte suspeita.
copyright guarulhosweb

 

 

Insira seu comentário

Todos os comentários e opiniões expressas são de inteira responsabilidade dos autores.

Comentários:

  1. WASHINGTON RIBEIRO 12/11/2018 20:42

    Sou motorista a 20 anos, trabalho com o mesmo modelo de ônibus. Esse modelo só abre as portas com freio de mão acionado.Ele dispõe desse dispositivo. Para o motorista descer do veículo e abrir a porta, precisou puxar o freio de mão. se não a porta não abre o botão fica neutro sem valia alguma.

Insira um comentário