Guarulhosweb
WhatsApp:(11) 9 4702.3664

Corinthians derrota o Vasco com gol de Mateus Vital e se afasta da zona da degola

Daniel Batista    17/11/2018 21:08

 


Foi um jogo muito fraco tecnicamente e na única real oportunidade de gol, com o meia Mateus Vital, o Corinthians conseguiu marcar e derrotou o Vasco por 1 a 0, neste sábado, na Arena Corinthians, em São Paulo, pela 35.ª rodada do Campeonato Brasileiro. O resultado dá maior tranquilidade para os paulistas e liga o sinal de alerta ainda maior para os cariocas.

Com a vitória, o Corinthians chega aos 43 pontos, na 12.ª colocação, enquanto que o Vasco permanece com 39, em 14.º, bastante ameaçado de se aproximar da zona da degola. A Chapecoense a abre com 36 pontos, na 17.ª posição.

Apesar do discurso de Jair Ventura e Cássio, de que ambos não estavam preocupados com a possibilidade de rebaixamento, era visível o quanto a equipe alvinegra entrou em campo nervosa e ansiosa para tentar marcar primeiro. No outro lado, o Vasco também não tinha motivos para tranquilidade e precisava se aventurar ao ataque, já que um resultado negativo também seria catastrófico.

Mas o nervosismo imperou e fez com que a partida tivesse muitos lances brigados, com divididas e dedicação de todos em campo e pouca qualidade técnica. No primeiro tempo, Corinthians e Vasco maltrataram a bola e os goleiros não tiveram muito trabalho. O momento mais agitado foi após o apito afinal, quando o técnico Alberto Valentim foi expulso e se revoltou com a arbitragem por entender que a exclusão foi injusta.

Já na etapa final, o Corinthians conseguiu encaixar um único ataque com eficiência e abriu o placar. Aos cinco minutos, Fagner fez boa jogada pela direita e cruzou na área, onde Mateus Vital apareceu de surpresa e cabeceou firme para balançar as redes e dar paz para os aflitos corintianos. Em respeito ao ex-clube, não comemorou.

Mas antes de comemorar a vitória, o Corinthians sofreu. O time recuou bastante após o gol e o Vasco ganhou espaço para chegar com perigo ao gol de Cássio. Nos minutos finais, Danilo Avelar ainda disputou a bola com Andrés Rios e o jogador vascaíno caiu e ficou pedindo pênalti. No último minuto, Henríquez ainda acertou uma bomba de fora da área e carimbou a trave de Cássio. Para acabar com ainda mais emoção.

Apesar da pressão, a má pontaria dos vascaínos facilitou a vida do time paulista, que deu um grande passo para se garantir na elite nacional e afastar qualquer possibilidade de entrar para a história como o primeiro atual campeão a ser rebaixado no Brasileirão.

FICHA TÉCNICA

CORINTHIANS 1 x 0 VASCO

CORINTHIANS - Cássio; Fagner, Leo Santos, Henrique e Danilo Avelar; Ralf, Thiaguinho (Araos), Mateus Vital (Clayson), Jadson e Pedrinho; Danilo (Roger). Técnico: Jair Ventura.

VASCO - Fernando Miguel; Raul (Caio Monteiro), Oswaldo Henríquez, Leandro Castan e Henrique; Desábato, Andrey (Dudu), Kelvin (Marrony), Thiago Galhardo e Yago Pikachu; Andrés Rios. Técnico: Alberto Valentim.

GOL - Mateus Vital, aos 5 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Jadson e Fagner (Corinthians); Fernando Miguel e Leandro Castan (Vasco).

ÁRBITRO - Wilton Pereira Sampaio (Fifa/GO).

PÚBLICO - 38.605 pagantes.

RENDA - R$ 1.350.667,50.

LOCAL - Arena Corinthians, em São Paulo (SP).
copyright guarulhosweb

 

 

Insira seu comentário

Seja o Primeiro a comentar esta noticia

Insira um comentário