Guarulhosweb
WhatsApp:(11) 9 4702.3664

Cinco passageiros são presos em Cumbica com quase 20 kg de cocaína

Redação Guarulhosweb    06/12/2018 09:04

 

A Polícia Federal prendeu, em ações distintas, entre a tarde de quarta-feira, 5/12, e a madrugada desta quinta, 6/12, no Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, cinco passageiros de voos internacionais com drogas ocultas nas bagagens.
 
Na tarde de quarta, na fila do check-in de voo com destino a Lisboa, em Portugal, policiais federais, que atuam na fiscalização dos passageiros, abordaram para entrevista um brasileiro, de 30 anos de idade, que veio a São Paulo procedente de Porto Velho, em Rondônia. Os policiais suspeitaram das respostas dadas pelo homem no decorrer da entrevista e o conduziram para uma sala reservada onde foi realizada busca pessoal e revista das bagagens.
 
Nada suspeito foi localizado, mas os policiais fizeram um pequeno corte na lateral interna de uma das malas e passaram um lenço embebido com reagente químico, que adquiriu a cor azul indicando a presença de substância ilícita. Na delegacia os peritos federais identificaram que os forros das duas malas e de uma jaqueta estavam impregnados com cocaína. O suspeito confessou que levaria a droga mediante a promessa de um pagamento em dinheiro.
 
Outra equipe de policiais, que fiscalizava as bagagens despachadas, encontrou indícios de substância suspeita na bagagem de um que pretendia embarcar para Madri, na Espanha. O homem, um brasileiro de 27 anos de idade, foi localizado no portão de embarque e conduzido à delegacia para acompanhar a perícia em seus pertences. O homem levava, ocultos em fundos falsos de uma mala, 6 volumes contendo quase cinco quilos de cocaína.
 
Já na fila do check-in de voo com destino a Addis Ababa, na Etiópia, um casal de brasileiros proveniente de Tabatinga, no Amazonas, foi abordado pelos policiais e conduzido à sede policial onde foram realizados exames periciais nos pertences do casal, resultando na apreensão de dez quilos de cocaína. A droga foi encontrada em fundos falsos existentes nas malas de ambos passageiros.
 
Na madrugada desta quinta, uma mulher, nacional da Malásia, foi presa com dois volumes, contendo três quilos de cocaína, encontrados pelos policiais, com o auxílio do raio-x, ocultos nas estruturas da mala. A suspeita, abordada pelos policiais federais na fila do check-in, havia dito, quando entrevistada, que era professora e que havia vindo ao país para estudar a economia local. Ela pretendia levar a droga para o Mali, país do continente africano.
 
Os presos serão encaminhados aos presídios estaduais onde permanecerão à disposição da Justiça, respondendo pelo crime de tráfico internacional de drogas.
 
copyright guarulhosweb

 

 

Insira seu comentário

Seja o Primeiro a comentar esta noticia

Insira um comentário