Guarulhosweb
WhatsApp:(11) 9 4702.3664

Correção: IGP-DI tem queda de 1,14% em novembro (+0,26% em outubro), diz FGV

Denise Luna    07/12/2018 10:26

 


A matéria publicada anteriormente trazia incorreção no primeiro parágrafo em relação ao intervalo das projeções. Favor considerar todas as estimativas em baixa, e não como constou anteriormente (alta de 0,42%). Segue abaixo a versão corrigida. No texto, foram adicionadas informações sobre os IPAs.

O Índice Geral de Preços - Disponibilidade Interna (IGP-DI) registrou queda de 1,14% em novembro, ante alta de 0,26% registrada no mês anterior, divulgou nesta sexta-feira, 7, a Fundação Getulio Vargas (FGV). O resultado veio abaixo do piso do intervalo das projeções do mercado financeiro, que iam de queda de 1,10% a 0,42%, com mediana negativa em 0,61%. No ano, o índice acumula alta de 7,58% e, nos últimos 12 meses, de 8,38%.

A FGV informou ainda os resultados dos três indicadores que compõem o IGP-DI. O IPA-DI, que representa o atacado, caiu 1,70% em novembro, após a elevação de 0,17% registrada em outubro. O IPC-DI, que apura a evolução de preços no varejo, teve queda de 0,17% em novembro, ante um crescimento de 0,48% em outubro.

Já o INCC-DI, que mensura o impacto de preços na construção, apresentou alta de 0,13% em novembro, depois do aumento de 0,35% em outubro.

IPAs

Os preços dos produtos agropecuários no atacado, medidos pelo IPA Agropecuário, caíram 2,41% em novembro, após a queda de 1,08% em outubro, dentro do IGP-DI, informou a FGV.

Em alta de 0,59% no mês anterior, os produtos industriais medidos pelo IPA Industrial tiveram declínio de 1,47% no mês passado. Dentro do Índice de Preços por Atacado segundo Estágios de Processamento (IPA-EP), que permite visualizar a transmissão de preços ao longo da cadeia produtiva, os preços dos bens finais tiveram queda de 1,01% em novembro, ante um aumento de 0,65% em outubro.

Os preços dos bens intermediários caíram 2,44% em novembro, após subirem 1,07% em outubro. Os preços das matérias-primas brutas registraram queda de 1,59%, depois de cederem 1,49%. O núcleo do IPC-DI subiu 0,22%, contra alta de 0,36% no mês anterior.
copyright guarulhosweb

 

 

Insira seu comentário

Seja o Primeiro a comentar esta noticia

Insira um comentário