Guarulhosweb
WhatsApp:(11) 9 4702.3664

Caminhão é aprendido por descarte irregular e motorista é detido

Redação Guarulhosweb    21/12/2018 08:55

 

Uma ação conjunta entre a Secretaria de Serviços Públicos e a Guarda Ambiental apreendeu, na tarde da última quarta-feira (19), um caminhão que realizava descarte irregular de entulhos na comunidade das Malvinas. Ao avistar os fiscais acompanhados de Guardas Ambientais, o infrator empreendeu fuga por quase 7 km até o Jardim Presidente Dutra. Durante a perseguição, o infrator cometeu diversas irregularidades como lançar o caminhão sobre os veículos oficiais diversas vezes, inclusive furando um bloqueio montado pela GCM, além de atravessar o sinal vermelho, colocando em risco os servidores e pedestres.
 
A perseguição acabou em frente à residência do infrator. O veículo foi apreendido e encaminhado ao pátio, no bairro Várzea do Palácio. Além de receber multa de mais de R$ 30 mil reais pelo descarte de resíduos, o infrator foi detido pela Guarda Civil Municipal e encaminhado à Delegacia do Meio Ambiente de Guarulhos, onde até a manhã desta quinta aguardava o pagamento de fiança.
 
O secretário de Serviços Públicos, Edmilson Americano, ressaltou que a cidade é muito grande e mesmo assim os fiscais trabalham incansavelmente, enfrentando diversos problemas durante as ações de fiscalização. “Os fiscais se esforçam ao máximo para coibir este tipo de conduta. A população merece uma cidade limpa, e as pessoas que não respeitam nossa cidade serão punidas exemplarmente nos termos da lei” destacou.
 
Apoio da população
Em Guarulhos, a Prefeitura atua para manter todos os parâmetros ambientais do município em ordem e conta com a colaboração da população no que diz respeito a denúncias. Para denunciar um infrator, basta ligar para o número 0800 772 2006.
 
copyright guarulhosweb

 

 

Insira seu comentário

Todos os comentários e opiniões expressas são de inteira responsabilidade dos autores.

Comentários:

  1. Emygdio Carlos 24/12/2018 10:10

    Riscos desnecessários!

    A prefeitura sabe perfeitamente onde ficam os pontos de descarte irregular. Bastava criar um sistema de monitoramento com câmeras interligadas com a Secretaria do Meio Ambiente, GCM e Polícia Militar. Esta medida já é de conhecimento da Prefeitura, mas esta quer aplicar? Infelizmente, não!

Insira um comentário