Guarulhosweb
WhatsApp:(11) 9 4702.3664

Na primeira atualização, Jeep Renegade fica mais tecnológico e se torna mais agradável

Redação Guarulhosweb    09/02/2019 18:27

 

Quatro anos após ser lançado no mercado nacional como o primeiro produto Jeep, a partir da inauguração da fábrica da FCA em Pernambuco, o Renegade passa por sua primeira atualização, bastante necessária, que melhorou bem alguns aspectos em que deixavam a desejar. Alguns detalhes no design melhoraram o visual, mas a maior evolução aparece dentro do carro, na conectividade, que implica em mais tecnologia, e nos equipamentos oferecidos.  
 
Entre os destaques do Jeep Renegade Longitude 1.8 Flex AT6, avaliado pelo GuarulhosWeb durante uma semana, estão a iluminação frontal de LED, a tela multimídia de 8,4 polegadas, novas rodas, novo para-choque que garante maior ângulo de entrada, grade redesenhada e melhor disponibilidade de espaços internos como porta-trecos, próximo ao painel dianteiro. Esta versão, só abaixo da top Limited entre os modelos oferecidos com motor flex, sai por R$ 96,9 mil.  
 
 
No desempenho, o Renegade 1.8 Flex AT6 não muda muito. O motor oferece potência máxima de 139 cavalos quando abastecido com etanol. Não parece muito, mas é o suficiente para um comportamento discreto no trânsito urbano. Em subidas mais íngremes, faz-se necessário pisar um pouco mais forte no acelerador. Nestas horas, o câmbio automático de seis velocidades grita, reduzindo de forma abrupta e causando algum desconforto. Porém, isso é exceção, já que na tocada normal, passa batido, com trocas suaves, quase imperceptíveis. O consumo fica próximo aos 5 km/l de etano no ciclo urbano. Já naa estrada, onde o Renegade desliza tranquilo, avançando às velocidades limite sem qualquer enrosco, o computador de bordo chega a marcar mais de 12 km com um litro de etanol. Nada mal.  
 
A maior evolução notada pelo GuarulhosWeb em relação aos modelos anteriores está do lado de dentro mesmo. De cara, a tela multimídia de 8,4 polegadas chama a atenção e se mostra muito eficiente. Conta com o sistema Uconnect aplicado no “irmão maior” Jeep Compass, que permite – de maneiro muito prática e intuitiva - parear o smartphone por meio das interfaces Android Auto e Apple Car Play, para acessar pelo monitor do veículo aplicativos de navegação, como Google Maps e Waze e de música, a exemplo do Spotify e Deezer, apenas para citar alguns. 
 
Há ainda outros detalhes que garantem maior praticidade no uso do Renegade. A tampa traseira ganhou uma maçaneta externa, que torna a abertura mais fácil e ergonômica. O porta-malas comporta 320 litros. Apesar de ainda pequeno em se tratando de um SUV, são 47 litros a mais que a versão anterior, obtidos com a adoção do estepe temporário.  
 
Na cabine, a área central foi redesenhada. Os comandos do ar-condicionado são novos, bem como os porta-objetos, mais numerosos e espaçosos. Tanto o que fica à frente da alavanca do câmbio quanto o posicionado entre as poltronas, onde se abriu um novo nicho, para acomodar itens como um telefone celular.  
 
Saliente-se ainda que o Renegade 2019 é equipado com controles de estabilidade (ESC) e de tração, suspensão independente nas quatro rodas, freio de estacionamento eletrônico, tela multifuncional no quadro de instrumentos e rodas de liga leve, entre outros destaques. 
copyright guarulhosweb

 

 

Insira seu comentário

Seja o Primeiro a comentar esta noticia

Insira um comentário