Guarulhosweb
WhatsApp:(11) 9 4702.3664

Laudo confirma morte de casal guarulhense em resort por inalação de gás de refrigeração

Foto: reprodução TV Tem    22/02/2019 09:45

 

Um laudo do Instituto Médico Legal confirmou que o casal guarulhense encontrado morto no quarto de um resort de Olímpia (SP) morreu pela inalação do gás freon, utilizado em aparelhos de refrigeração. A informação é da Polícia Civil de Olímpia (SP).
 
“O laudo chegou há poucos dias e nele confirma a morte pela inalação do gás. Ao que tudo indica, eles cheiraram o gás e morreram por causa da inalação dele”, diz o delegado Ricardo Afonso Rodrigues.
 
Edson Fernandes Lopes, de 24 anos, e a namorada dele, Rubia Alves de Oliveira, de 22 anos, moravam em Guarulhos e estavam prestando serviço terceirizado em uma pista de patinação que funcionava no Olímpia Park Resort. Eles trabalhavam na empresa Big Ice Patinação no Gelo.
 
O circuito de segurança do hotel registrou o momento em que Edson saiu do quarto onde o casal dormia, foi para fora do hotel até um caminhão, pegou o botijão com gás freon e retornou ao quarto do hotel.
 
O botijão de gás freon estava ao lado da cama onde Edson foi encontrado morto – a mangueira acoplada no equipamento estava próxima à boca dele. O corpo de Rubia foi encontrado sem sinais de lesões de defesa.
 
Um colega do casal foi quem encontrou as vítimas mortas e prestou depoimento como testemunha. De acordo com a polícia, ele disse que já tinha visto Edson brincando de inalar o gás encontrado ao lado dos corpos.
 
"Esse gás era próprio do trabalho dele, ele havia feito um curso específico sobre refrigeração e sabia do risco da inalação do gás. Anteriormente ele já havia até inalado o gás na presença de outras pessoas", afirmou o delegado.
 
A polícia tem duas linhas de investigação: uma é a que sugere que o casal morreu enquanto tentava se drogar com o gás; a outra é de feminicídio. O casal passava por uma crise conjugal e a polícia investiga se Edson matou Rubia e, depois, se matou.
 
Com informações do G1
 
copyright guarulhosweb

 

 

Insira seu comentário

Seja o Primeiro a comentar esta noticia

Insira um comentário