Guarulhosweb
Guarulhosweb
BradescoAdvertisement

Leitores reclamam do sofrimento para ir à Capital nesta segunda-feira pós temporal

Vinícius Bacelar    11/03/2019 09:50

 

As fortes chuvas que atingiram a Região Metropolitana de São Paulo na madrugada desta segunda-feira, 11/03, atrapalharam a rotina dos guarulhenses que vão à Capital diariamente
 
O empresário Filipe Aoki, por exemplo, gastou mais de 40 minutos para ir da Vila Endres até o Tatuapé. "Eu gasto, no máximo, 14 minutos neste trajeto. Teve um momento em que até desliguei o carro porque estava tudo travado", afirmou.
 
Já o gerente comercial Julio Cesar da Conceição encontrou dificuldades para transitar pela zona norte da Capital. Ele saiu do Jardim Bela Vista, em Guarulhos, com destino à Estação de Metrô Santana. "Gastei duas horas num percurso de 40 minutos. A Dutra e a Marginal Tietê estavam intransitáveis. Era melhor ter ido a pé (risos). O carro consumiu o dobro do combustível que geralmente gasta neste trajeto. E, além disto, tive que parar o automóvel em um estacionamento bem mais caro", relatou. 
 
O jornalista Raphael Pozzi passou por situação semelhante. "Do Jardim Rosana até o Tucuruvi, gasto meia hora. Hoje, gastei 1h20. A Vila Galvão e a Avenida Guapira eram os pontos mais críticos. A fila para embarcar no metrô estava enorme. Esperei 15 minutos para entrar no vagão. Geralmente, espero uns cinco minutos no máximo", pontuou.
 
A estudante de Ciências Contábeis Gislene Agra saiu da Ponte Grande em direção ao centro de São Paulo, mais precisamente à Vila Buarque. No entanto, devido ao trânsito, desistiu e retornou para casa. "Do Shopping Internacional até o Hospital Nipo-Brasileiro [no Parque Novo Mundo, em São Paulo), estava tudo parado. Poderia tentar ir pela Penha, mas vi mensagens em um grupo de Whatsapp que a situação era igual. E, de fato, havia um trânsito atípico na minha rua no sentido Penha. Saí de casa 7h45 e 9h voltei", disse.
 
copyright guarulhosweb

 

 

Insira seu comentário

Todos os comentários e opiniões expressas são de inteira responsabilidade dos autores.

Comentários:

  1. Jonas 11/03/2019 14:01

    Mobilidade 0

    Quem mora em regiões como o Cocaia/Bom Clima e se arriscou a tentar ir para o Tietê/Armênia por meio de transporte público encarou no mínimo 5h para chegar ao destino desejado.. O volume de veículos era absurdo e a mobilidade era praticamente nula! Não foi raro notar os ônibus com motores desligad

Insira um comentário