Guarulhosweb
Guarulhosweb
BradescoAdvertisement

Com dores, Nadal vence Khachanov e encara Federer na semifinal em Indian Wells

Redação Guarulhosweb    15/03/2019 20:14

 


Mesmo demonstrando dores no joelho direito, o espanhol Rafael Nadal surpreendeu nesta sexta-feira ao derrotar o russo Karen Khachanov por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/2) e 7/6 (7/2), em 2h16min. Com o triunfo, Nadal se credenciou para o "clássico" com o suíço Roger Federer na semifinal do Masters 1000 de Indian Wells, nos Estados Unidos.

Os dois maiores campeões de Grand Slam da história vão se enfrentar neste sábado pela 39ª vez no circuito. O duelo não acontece desde 2017, e o suíço vem de cinco vitória consecutivas sobre o seu maior rival. No geral, Nadal segue liderando, com 23 triunfos, contra 15 de Federer.

Atual número quatro do mundo, o suíço venceu mais cedo, nesta sexta, o polonês Hubert Hurkacz em sets diretos. Ele é o atual vice-campeão do tradicional torneio norte-americano. A outra semifinal vai reunir o austríaco Dominic Thiem e o canadense Milos Raonic.

Para fazer mais um clássico do tênis mundial, Nadal precisou superar dois adversários nesta sexta. O primeiro era, claro, o próprio Khachanov, campeão do Masters de Paris, sobre o sérvio Novak Djokovic, em novembro do ano passado. O outro era a dor no joelho direito, o mesmo que o fez desistir da semifinal do US Open da temporada passada.

Sem demonstrar dores no primeiro set, o espanhol começou mal ao sofrer uma quebra de saque logo no primeiro game da partida. No sexto game, ele devolveu a quebra e empatou em 3/3. Num duelo equilibrado, acabou superando o russo no tie-break.

Na segunda parcial, Nadal pediu atendimento médico em quadra ao fim do terceiro game. Mas, mesmo com dores, quebrou o saque do russo no quinto game: 3/2. Desgastado, o espanhol passou a acelerar o jogo, tentando encurtar a disputa dos pontos. Do outro lado, Khachanov apostava nas deixadinhas para forçar Nadal a correr pela quadra, exigindo mais do seu joelho.

A partida seguia equilibrada, apesar das dores sofridas pelo favorito. Pressionado no seu serviço, salvou break points na sequência e viu o russo hesitar. Khachanov desperdiçou um set point e facilitou a vida de Nadal, levando o duelo para novo tie-break, novamente dominado pelo vice-líder do ranking.

O espanhol terminou o jogo com 25 bolas vencedoras, contra 36 do rival. E 16 erros não forçados, diante de 32, o dobro, do russo, atual 13º do ranking. Apesar da eliminação, o tenista da Rússia deve ganhar uma posição na lista da ATP a ser atualizada na próxima segunda-feira.
copyright guarulhosweb

 

 

Insira seu comentário

Seja o Primeiro a comentar esta noticia

Insira um comentário