Guarulhosweb
Guarulhosweb

Fla e Flu apoiam decisão do governo do Rio de retomar o controle do Maracanã

Redação Guarulhosweb    18/03/2019 16:45

 


Flamengo e Fluminense publicaram notas oficiais nesta segunda-feira nas quais aprovaram a decisão do governo do Rio de Janeiro de romper unilateralmente o contrato de concessão do Maracanã. Esta decisão foi anunciada pela manhã pelo governador Wilson Witzel e, com a mesma, o poder público voltará a controlar a administração do estádio.

"O Clube de Regatas do Flamengo parabeniza a decisão do Excelentíssimo Governador do Estado do Rio de Janeiro, Sr Wilson Witzel, em cancelar a atual concessão do Maracanã", publicou o clube rubro-negro. "Esperamos que a nova licitação corrija um dos grandes problemas do edital passado contemplando agora a possibilidade de os clubes do Rio de Janeiro participarem da administração daquele que é um verdadeiro templo do futebol mundial."

O Fluminense também elogiou a atitude do governo estadual. "O Fluminense Football Club avalia como positiva a decisão do Governo do Estado do Rio de Janeiro e espera que, a partir de agora, os clubes passem a ter participação mais ativa na concessão e administração do estádio", ressaltou a direção tricolor, por meio de uma curta nota publicada em seu site oficial.

Um decisão da Justiça de setembro do ano passado determinava que a parceria firmada entre o Estado do Rio e a IMX-Holding S.A., que administrava o estádio, apresentava ilegalidades. A parceria foi firmada em 2013 originalmente para um período de 35 anos. De acordo com o governador, no entanto, "não dava para manter" uma empresa condenada pela Justiça.

A concessionária, em nota, afirmou que foi pega de surpresa com esta decisão anunciada nesta segunda. "O Complexo Maracanã Entretenimento foi surpreendido pela informação divulgada nesta manhã em uma coletiva de imprensa. A empresa não teve acesso a nenhum ato oficial do Governo do Estado do Rio de Janeiro e se manifestará oportunamente."

De acordo com o governador, a decisão foi motivada principalmente em razão das dívidas do consórcio, que atingem R$ 38 milhões. O valor se refere, segundo Witzel, às parcelas da outorga.

Com o fim do vínculo, será encerrado automaticamente, de acordo com o governador, os contratos da concessionária com os times cariocas. Witzel disse estar aberto para conversar com os clubes nos próximos dias.

No período da concessão, o Maracanã, além de abrigar jogos dos principais clubes do Rio, foi palco de grandes partidas na Copa do Mundo de 2014 e na Olimpíada de 2016. Como o fim do contrato não vai alterar a programação do estádio, o próximo confronto no local será nesta terça-feira, entre Madureira e Flamengo, pela quinta rodada da Taça Rio, o segundo turno do Campeonato Carioca.
copyright guarulhosweb

 

 

Insira seu comentário

Seja o Primeiro a comentar esta noticia

Insira um comentário