Guarulhosweb
Guarulhosweb

Em visita à América Latina, Mike Pompeo volta a criticar crise na Venezuela

Redação Guarulhosweb    13/04/2019 21:55

 


O secretário de Estado dos Estados Unidos, Mike Pompeo, voltou a criticar a crise na Venezuela, neste sábado. O líder norte-americano chamou o presidente venezuelano, Nicolás Maduro, de "tirano" e o culpou pela "ruína" no país. "Não procure mais do que a crise atual na Venezuela para ver o trabalho da nossa equipe em ação. Juntos, estamos trabalhando para restaurar a estabilidade e a democracia do caos causado por Maduro", disse. As declarações foram feitas durante a visita que faz a países da América Latina. A viagem do líder estadunidense tem duração de quatro dias e o roteiro inclui Paraguai, Chile, Peru e Colômbia.

No Paraguai, Pompeo destacou a parceria dos dois países para expulsar os socialistas do território venezuelano e dar o comando ao líder da oposição Juan Guaidó. "Como membro do Grupo Lima, o Paraguai está entre os líderes em nosso Hemisfério, em defesa da democracia, chamando Maduro pelo que ele realmente é: um tirano sedento de poder que trouxe ruína ao seu país e à sua população", afirmou. Já na passagem pelo Chile, Pompeo destacou que o financiamento da China ao governo de Maduro estava prolongando a crise no país.

Durante visita ao Peru, o secretário norte-americano argumentou que os desafios enfrentados pelo Peru e pela Colômbia devido à migração venezuelana são resultado das ações "desastrosas" dos governos Maduro, e de seus apoiadores como Rússia e Cuba. "Temos que responder a esse desafio", acrescentou, destacando que forças democráticas devem combater o avanço do socialismo. Fonte: Associated Press.
copyright guarulhosweb

 

 

Insira seu comentário

Seja o Primeiro a comentar esta noticia

Insira um comentário