Guarulhosweb
   

Destombado, Casarão Saraceni é demolido

Felipe Mathias - Foto: Silvio Cesar    06/11/2010 09:44
Destroços do Imóvel que ficava em área de shoppingDestroços do Imóvel que ficava em área de shopping

 

A demolição do Casarão Saraceni, realizada na sexta-feira, dia 5, por ordem dos proprietários do Internacional Shopping Guarulhos, teve amparo legal por conta da aprovação de uma emenda à Lei Orgânica do Município - que descaracteriza o imóvel como de interesse cultural de Guarulhos. O espaço estava localizado até então dentro do estacionamento do estabelecimento.

O casarão era tombado desde dezembro de 2006, em conformidade com o artigo 28 das disposições transitórias da Lei Orgânica do Município. No entanto, os vereadores aprovaram em 1º primeiro de junho a emenda à lei, que reverteu a ordem de preservação do espaço até então tido como de relevância histórica.

"Quando é tombado não pode fazer nenhuma obra e manutenção em um percurso de 200 metros. Eu não pude arrumar e realizar nenhuma manutenção no shopping por estas questões", argumenta o diretor do shopping, Antônio Veronezi, justificando a demolição do casarão.

Em nota, a Prefeitura aponta que, em 14 de outubro, o Conselho do Patrimônio Histórico, Artístico, Ambiental e Cultural do município aprovou o parecer do arquiteto e membro do Condephat, Carlos Augusto Mattei Faggin. No relatório, é colocado que não existem justificativas para a permanência do referido imóvel como bem tombado, tendo em vista, que o projeto arquitetônico e urbanístico do local não apresenta nenhum atributo relevante.

Protestos - Mesmo com a informação oficial da Administração Municipal, a conselheira titular do Conselho do Patrimônio Histórico, Artístico, Ambiental e Cultural na cidade, Miriam Della Posta de Azevedo, o ato foi criminoso mesmo com a emenda da lei - já que esta não estava clara e não foi levada em conta a questão histórica do casarão. "Pretendo entrar com uma ação junto ao Ministério Publico contra o município".

Manifestantes apareceram ontem na Câmara para aproveitar a audiência sobre a prestação de contas para verba orçamentária de 2011 da Secretaria de Cultura a fim de protestarem contra a derrubada do patrimônio. No entanto, a sessão não aconteceu.

O Casarão Saraceni pertencia ao italiano Guiseppe Saraceni. O proprietário adquiriu o espaço onde patrimônio estava construído quando a área ainda era uma fazenda, em 1919. Lá, instalou uma das primeiras fábricas de Guarulhos, que produzia calçados e artigos de couros para o exército. Em 1953, a casa foi vendida para a empresa Olivetti, que construiu uma fábrica e preservou o casarão - sendo utilizado como parte administrativa da empresa. Em 1997, o imóvel foi vendido para os proprietários do Internacional Shopping Guarulhos.


 

 

Insira seu comentário

Todos os comentários e opiniões expressas são de inteira responsabilidade dos autores.

Comentários:

  1. Ester Barduzzi 02/05/2013 15:32

    Que falta de respeito.

    Pois é estou indignada com a falta de respeito e de educação com a população,os nobres políticos estão pensando que somos idiotas?Quando criança morei em um desses casarões meu pai fazia horta tinha árvores frutíferas e me recordo com carinho da minha infância,quando olho para aquele vazio que ficou

  2. wagner 30/10/2012 19:25

    Não seria achacador?

  3. Se eu fosse influente 12/05/2012 19:13

    Guarulhos está adormecido

    Isso é vergonhoso, senão criminoso, claro que já é passado mas não deve sair da historia e este ato deve entrar pra historia, pois esta familia tem muitas gerações garantidas "financeiramente", eu com o mesmo poder deles me dedicaria a desmoralizar ou desmascarar a mafia, bom mas samos c

  4. Katia Teixeira Penido 31/03/2012 00:41

    vida nova

    O casarão se foi e o secretario incompetente também, agora vida nova pessoal

  5. Gerson Saraceni 27/05/2011 12:34

    Indignação!!!

    Pretensão de quem um dia quer ser um pais de primeiro mundo. Para Imagem do Shopping fazer daquele imóvel um Centro Cultural da Historia de Guarulhos, ate muito mais rentável que algumas vagas de estacionamento. Indignação: Antonio Veronezi, vereador Geraldo Celestino, Carlos Augusto Mattei Faggi

  6. Anônimo 21/03/2011 17:04

    helio arantes um artista

    Apesar de ja ter passado algum tempo , gostaria de responder a katia T Penido que diz que o secretario de cultura Helio Arantes não entende nada de cultura.Helio Arantes é um artista, um grande poeta que Guarulhos ainda não conhece mas espero que tenham oportunidade de ler seus contos e poesias.

  7. katia t penido 13/11/2010 13:42

    O secretario da cultura mais conhecido como acharcador de parque de diversoes nao entende nada de cultura, acha que é só show gratuito que faz a alegria do povo

  8. A Dama 11/11/2010 15:55

    Guarulhos: a cidade ADAMASTOR

    Derrubem logo tudo... e construam o Teatro Adamastor, o Centro Cultural Adamastor, o Centro Educacional Adamastor, O Anfiteatro Adamastor, A Fábrica Adamastor, O Estádio Adamastor, etc, etc... uma nova cidade enfim! O resto é resto. História? para quem?

  9. Wilson 09/11/2010 16:25

    Estranhas coincidências.

    O interessante nessas duas histórias envolvendo shoppings na cidade é o nome do vereador atuante. Enquanto na Vila Fátima criam toda sorte de impecílios, o Internacional consegue até o destombamento de prédio histórico. Cadê o tunel sob a Via Dutra, que constava na adequação viária?

  10. Paulo Carraturi 09/11/2010 15:40

    DA FORÇA DA GRANA QUE ERGUE E DESTRÓI COISAS BELAS..

    REALMENTE É UMA OPINIÃO VAZIA DESTE "CONSELHEIRO". ALÉM DAS CARACTERÍTICAS ARQUITETÔNICAS EXISTE A MEMÓRIA LOCAL A SER PRESERVADA. RESSALTA-SE É O FATO DE TER SIDO UMA AÇÃO EMINENTEMENTE POLÍTICA DE CRIOU AS CONDIÇÕES PARA A DESTRUIÇÃO DO CASARÃO. CÂMARA, CONSELHO ESTADUAL, ETC E TAL M

  11. Erich Dieter Binder 08/11/2010 18:30

    EUDB

    Fazer o que né? Guarulhos é uma grande família e fim de papo. Dá pra entender quando falo em grande família ?

  12. Eliana 08/11/2010 15:16

    Tantas prioridades... ou não?

    Tantas coisas importantes para resolver mas ninguém faz nada. Moradores do Macedo e Vila Fátima convivem há mais de 20 anos com um shopping e seus arredores abandonados e muito perigosos e ninguém se importa. Pedido dos moradores de nada vale ninguém liga. Quando seremos ouvidos e respeitados???

  13. Jurandir 08/11/2010 14:57

    incomPeTência

    Sentar em uma cadeira e dizer-se secretário é muito fácil,quero ver se vai exercer o trabalho que lhe foi atribuido em favor da sociedade.Se olharmos para os quatro cantos da cidade uma pergunta:Qual secretaria desta administração funciona?,ambiente,saúde,habitação,obras,cultura... É ÓBVIO NENHUMA!

  14. Eder Luiz de Almeida 08/11/2010 14:41

    Estão acabando, aos poucos, com Guarulhos.

    Estão acabando com Guarulhos. Não há preocupação com a mantença de nada, seja no aspecto cultural, seja com relação ao meio-ambiente. Pior é o que estão permitindo na Vila Rosália. Arranhas-céus sendo cravados ao meio de árvores, acabando com a qualidade de vida de todos. Parabéns aos políticos.

  15. Bruno Carvalho 08/11/2010 13:06

    Governo e oposição de mãos dadas

    Algumas pessoas estão falando sobre política, mas na real a maioria ganhou. Então, é uma irresponsabilidade dos dois lados. Nós perdemos um marco da nossa história.

  16. Robson Grizilli 08/11/2010 09:48

    INDIGNAÇÃO HISTÓRICA......

    É LAMENTÁVEL SABER QUE PARA "POUCOS" A HISTÓRIA DE UMA CIDADE É IRRELEVANTE, NÃO TEM IMPORTÂNCIA E DESNECESSÁRIA...... É MAIS LAMENTAVEL QUE OS "PODERES" PÚBLICO, SEJAM CONIVENTE, COMUNGAM COM O DESCONHECIMENTO, QUE JÁ É GRANDE, DE UM PASSADO SEM PRESENTE E PIOR SEM FUTURO.. ES

  17. EDSON SILVA 08/11/2010 09:47

    BEM FEITO! SECRETÁRIO HELIO.

    É certo que naquele casarão (ops! é uma casinha) nada continha de art noveau. Precisamos olhar para o futuro e deixar estas lendas urbanas para trás, guardar memória de uma fábrica não creio que esteja no patamar de patrimonio cultural. Parabens! a todos aqueles que contribuiram para o progresso.

  18. FLAVIO SANTOS 08/11/2010 09:47

    decepcionante

    Decepcionante ver o Geraldo Celestino,pago com dinheiro publico a serviço do coronel.Ver a administraçao municipal ,atraves do secretrario de cultura compactuar com os esquemas que atendem a interesses nao da cidade, mas de um cidadao,comemorar o que,em 8 de dezembro

  19. Valedez 08/11/2010 09:15

    Lamentavel

    Ganancia, incopetencia e outros coisas a mais nos levam a ignorancia e pobreza.Estes assuntos não deveriam ser tratados apenas pelos interessados e governos pois somente poder e dinheiro são levados em conta. Estes dois lados não possuem isenção necessária. Algo urgentemente deve ser feito.

  20. Anônimo 08/11/2010 09:03

    É, Hélio Arantes, 10 anos fazendo m.... e Celestino ajudando...

    Hélio Arantes já é conhecido a muito tempo como "puro ego" e "nenhuma competência". Não fez nada de útil em seu antigo cargo e menos ainda na Sec. da Cultura. Só com muito "puxasaquismo" político mesmo... E Geraldo Celestino, não vale a pena nem comentar ...

  21. Beto 08/11/2010 08:22

    Cultura?

    Este é mais uma mostra do que realmente tem valor para o PT. Dúvido que se fosse uma estátua do Karl Marx, que não tem nenhuma ligação com nossa cidade, isso iria acontecer. Mas no fundo a cidade mecere. Elege governantes semi-letrados seguidores do chefe de Estado que acha que está acima da lei.

  22. antonio ferreira de oliveira 07/11/2010 20:09

    lamentavel

    o que estão fazendo com nossa cultura é brincadeira, o que fizeram com a tradicional festa de bonsucesso, tornou-se um evento politico, nós pobres coitados que não temos como bancar esta tradição ,aceitamos e depois lamentamos, foi-se o casarão, foi-se a cultura...

  23. Pedro de Marque 07/11/2010 14:46

    Porco

    Típico caso de coronelismos nesta cidade que ainda se mantém, apesar de não gostar de ouvir em autêntico provincianismo!O Secretário da Cultura, esse vereadorzinho analfabeto e medíocresão dois porcos em aceitar que uma comissãozinha mentirosa e farsante, atropele a lei do município

  24. Fátima 07/11/2010 12:31

    o feudo

    Mesmo sendo o 9º PIB e a 12ª em população do país, Guarulhos continua sendo um feudo. Os universitários não se engajam em movimentos para defender os patrimônios, porque vão para as universidades em busca somente de um "canudo" imposto pelo sistema enquanto as familias feudais continuam se

  25. Bruno Bennedetti 07/11/2010 12:12

    A justiça será feita

    Pois um povo s/ história é um povo s/ cultura, e um povo s/ cultura ñ é nada. Ñ esperaram sequer 1 dia da publicação do destombamento em Diário Oficial. Estavam c/ medo da decisão ser revogada? "Pérolas aos porcos" esse é o lema desses senhores, não é? Fora toda a canalhada!

  26. RICARDO CORREA 07/11/2010 00:04

    PERGUNTA.SE A SECRETÁRIA DE CULTURA TEM O DEVER DE PROTEGER,ESTIMULAR,INCENTIVAR ,REALIZAR ,DESENVOLVER,A CULTURA HISTÓRICA NO MUNICÍPIO,PORQUE AUTORIZOU A DEMOLIÇÃO DO CASARAÕ SARACENI.

  27. Anônimo 06/11/2010 20:02

    Destombado por um conselho manipulado pelo secretário de cultura Hélio Arantes

    Um marco da nossa história virou pó. Para o que serve a história? Para não se esquecer atos como esse do destomabamento, para não esquecer o nome dos políticos que não respeitam a sociedade, serve para não esquecermos desses empresários. Veronezzi, Geraldo Celestino, Hélio Arantes marcam a história.

  28. Diogo Leite de carvalho 06/11/2010 18:59

    450 anos não temos muito o que comemorar

    É lamentável saber que a secretaria de cultura foi responsável pela demolição da casa,no mês que vem vamos comemorar 450 anos do quê? Não queremos comemorar 450 anos com shows superfaturados queremos comemorar 450 com muita cultura mas acho que o senhor secretário não sabe o que quer dizer cultur

  29. Amarildo 06/11/2010 18:00

    Museu é o próximo

    Muito Celeestino vamos demolir esses casarões antigos que nada representam a cidade o próximo deverá ser o museu de Guarulhos no centro, aquele imovel é um lixo encravado no melhor da cidade. Já que não tem verbas p/ reformar que vá ao chão..

  30. jose f. lima 06/11/2010 14:40

    sem movimento

    assustador nao ver por parte dos alunos da UNG nenhum movimento a favor do casarao do shopping. É um direito de todos, mas cultura nao tem cor, raça, ....

  31. jose f. lima 06/11/2010 14:38

    sem memoria

    o proprietario de universidade, local de cultura, amor a arte, ponto de partida para o desenvolvimento do ser humano é o mesmo dono so shopping. Ai então, o capitalismo voraz, em troca de mais dinheiro derruba um monumento de arte. Que se dane a cultura. E o psdb tem a ver ? Voce responde.

  32. Elmi Omar 06/11/2010 14:05

    Casuísmos econômicos e políticos

    Sem considerar os casuísmos econômicos e políticos, a decisão do Conselho não é válida, pois os componentes do Conselho não aprovaram o Regimento Interno, que normatiza as decisões de forma democrática. Considerar unilateralmente a questão arquitetônica empobrece a qualidade social que o tema exige.

  33. RODRIGO FERRAZ 06/11/2010 12:35

    Novo Shopping

    Porque este vereador não se preocupa em liberar logo o shopping da Vila Fatima do que simplesmente ajudar interesses politicos na demolição de um casarão que favorece outros interesses.

  34. Elton Prado 06/11/2010 10:04

    PSDB um partido sem cultura!!!!

    Parabens Geraldo Celestino acabou com um monumento historico Vamos passar derrubar sua carreira politica Seu safado!!!!!

Visualize todos os 34 comentários

Insira um comentário