GuarulhosWeb | Na palma da sua m�o
Como fazer o efeito chapiscado em paredes
   

Redação Guarulhosweb - Foto: Divulgação    23/09/2011 18:39
Técnica é simples, mas deve ser feita com atenção para garantir durabilidade

 

 

Aplicar cor e textura numa parede possibilita um ambiente renovado e elegante de forma simples e prática. Hoje, as possibilidades de efeitos alcançados com o uso de texturas ou pinturas especiais são grandes e com o conjunto criatividade e ferramentas corretas, pode-se desenvolver acabamentos exclusivos, que se tornam um diferencial, não apenas para o consumidor final, como para o profissional que executou a obra.

Um dos efeitos mais fáceis de fazer é o chapiscado, que é ideal para evidenciar superfícies em jardins, paredes externas ou fachadas. De acordo com a Castor, especializada no desenvolvimento e fabricação de ferramentas e acessórios para as áreas de acabamento, pintura e efeitos decorativos, para criar este recurso, é indicado a utilização dos seguintes produtos de sua linha: desempenadeira de aço lisa; espátula de aço inox 80mm; rolo de espuma texturizada 23cm; rolo de lã master com cabo; lixadeira; bandeja grande; trincha gris série 700; além de folha de lixa para massa (grão 220); massa para textura (lisa ou com grãos finos) e a tinta acrílica na marca e cor escolhida.

Passo a passo

A criação desta textura decorativa na parede é muito simples e feita em apenas quatro etapas:

1 - Aplique uma camada bem fina e uniforme de massa para textura em uma área não superior a 4 m2. Trabalhe no sentido vertical, de cima para baixo.

2 - Logo em seguida, deslize o rolo de espuma texturizada sobre a massa ainda úmida, desempenada e uniforme. Os picos se formarão naturalmente, sem esforço. Se a massa se acumular na ferramenta, reaproveite-a passando o rolo na superfície limpa. Aguardar a secagem total da textura.

3 - Antes de pintar, lixe o efeito pronto e seco para suavizar os picos pontiagudos e eliminar partículas que tenham se formado. Deixá-lo limpo e isento de pó.

4 - Prepare a tinta de acordo com as orientações do fabricante, coloque-a na bandeja e mergulhe o rolo sem encharcá-lo. Duas demãos de tinta com o rolo de lã Máster são suficientes para deixar o resultado final perfeito.

Dicas importantes

A diretora da Castor, Cristina Czarlinski, ressalta que, antes de iniciar qualquer trabalho com textura, é necessário preparar adequadamente as superfícies. Em caso de repintura, é preciso deixar a superfície limpa, isenta de poeira, gordura, partículas soltas ou desagregadas. Já em paredes novas, aguardar a cura do cimento por no mínimo 30 dias.

Lixar a superfície para remover as partículas soltas e aplicar um fundo preparador de paredes na cor desejada para aumentar a fixação da textura na superfície é outra dica importante.

Cristina também revela que o acabamento final do efeito Chapiscado fica muito bonito se feito só com duas demãos de tinta acrílica na cor de preferência. E, se for aplicar este efeito decorativo em ambientes internos, dê preferência à textura lisa para que a rugosidade obtida seja agradável ao toque.

Vale lembrar que o rolo de espuma para texturização pode ser usado de duas maneiras: a primeira, diluindo-se a massa lisa para textura com 30% de água e aplicando-se na parede como se fosse uma tinta; e a segunda forma de aplicação pode ser feita tanto com a massa para textura lisa quanto com a de grãos finos.

Já a trincha serve para pintar cantos, áreas menores e arredondadas e, ao terminar o trabalho, deve-se retirar todo o excesso da textura do rolo e lavá-lo bem para manter sua durabilidade e poder reutilizá-lo diversas vezes.

Seja o Primeiro a comentar esta noticia
 |