Guarulhosweb
   

Moda Plus Size, dicas para a mulher com curvas arrasar na composição

Ana Paula Almeida, da Free São Paulo - Foto: Divulgação    30/03/2012 18:36

 

Cai o mito de que para se vestir bem a mulher precisa ter um corpo dentro dos padrões impostos pelas passarelas. A moda plus size vem ganhando cada vez mais espaço no mundo fashion permitindo às mulheres cheias de curvas realçarem seus estilos. A tendência já é destaque e vem conquistando grifes famosas e até motivo de grandes eventos, como a Fashion Weekend Plus Size, que aconteceu recentemente na Capital.

Mas para não derrapar na escolha das peças e da make é imprescindível que as mulheres cheinhas sigam algumas regras. A consultora de imagem pessoal e corporativa Marcele Goes, revela alguns truques de moda para mulheres manequim GG acertarem na composição dos looks sem abrir mão da elegância!

Dicas

Em primeiro lugar é recomendável que se evite faixas marcadas na cintura, barrados e diversas quebras horizontais. "Esses detalhes contribuem para que a pessoa pareça mais larga do que alta", alerta a consultora. Mulheres acima do peso e, principalmente, as que têm o volume distribuído por todo o corpo, devem optar por roupas sem muitos detalhes do busto para baixo;

Também é muito importante que a roupa tenha modelagem adequada às partes volumosas. O recorte de busto, por exemplo, precisa comportar o busto por completo. Além disso, um casaquinho não pode ser usado somente aberto. "Precisa envolver quase todo o corpo, mesmo que não feche completamente", observa Marcele;

A maquiagem também pode ser explorada. "É importante fazê-la mais elaborada, para arrematar perfeitamente o look e chamar atenção para o rosto", diz a especialista. O uso de decotes ou roupas coloridas, assim como um detalhe de ombro ou um belo brinco, também contribuem para realçar a parte de cima do corpo;

Outro ponto bastante importante, de acordo com Marcele, é o uso da cor. O preto é ótimo para camuflar e contrair visualmente, porém, não é a única opção. "Um look totalmente escuro fica pesado, principalmente quando ele é composto por uma terceira peça (blazer ou casaco). Cores bem profundas, como marinho, berinjela e cinza chumbo camuflam tanto quanto o preto e dão outro ar à produção";

Cores claras podem ser usadas, mas com cautela. A indicação é que os tons claros sejam utilizados na menor região do corpo, combinadas com cores escuras onde for mais desproporcional (maior). A cor clara também pode ser usada para compor uma mistura com cores escuras e iluminar o look - pode ser usado com um acessório ou com um casaquinho e por baixo ter uma cor escura;

Estampas também não devem ser um vilão na vida das gordinhas, porém é preciso usá-las com muita cautela. As estampas devem ser de cor média a escura e sem muito contraste entre motivos e fundo. O tamanho dos desenhos tem que ser pequenos e as formas arredondadas, além disso, o tecido deve ser leve e ter caimento;

Os saltos estão liberados, pois, assim como nas magrinhas, eles alongam a silhueta das mulheres com mais curvas. Mas como o corpo tende a pesar mais e, muitas vezes, os pés também são gordinhos, torna-se um pouco difícil encontrar sapatos com salto e confortáveis ao mesmo tempo. Saltos mais grossos (sem exageros) propiciam melhor apoio e podem ter altura de 5 cm, que não cansa muito e já provoca o efeito de silhueta alongada;

Finalmente, as gordinhas devem se atentar a recortes de busto e altura de cós. Estes pontos devem cair muito bem e ficar no lugar correto, do contrário, podem ficar partes do corpo mal acomodadas e parecendo querer saltar para fora da roupa (é busto que fica dividido pelo recorte da roupa, gordurinha saltando além do cós da calça quando este tem cintura baixa ou muito apertada). Aproveitem estas dicas e arrasem!         

 

 

Insira seu comentário

Seja o Primeiro a comentar esta noticia

Insira um comentário