Guarulhosweb
WhatsApp:(11) 9 4702.3664

Aos 90 anos, Vigorito avança com foco no atendimento e na expansão da rede

Ernesto Zanon    04/03/2015 11:00

 

No ano em que comemora 90 anos de fundação, o Grupo Vigorito – apesar da crise econômica que afeta o país – consegue apresentar números positivos. “Assim como em outros setores da economia, nós também enfrentamos dificuldades. Mas estamos numa situação melhor porque nos preparamos para superar esses tempos difíceis, que devem se estender, no mínimo, até o início de 2016”, afirmou ao GuarulhosWeb, Hermes Schincariol Júnior, diretor-superintendente do grupo que hoje conta com 14 concessionárias de quatro diferentes marcas, em Guarulhos, São Paulo e cidades do ABC. 
 
Hermes Junior disse que gostaria de comemorar esses 90 anos com mais investimentos ainda, já que as ações para o aniversário foram todas planejadas ao longo de 2014. “Mesmo assim não nos sentimos frustrados. Temos algumas promoções, como o sorteio de um carro por mês, que servem como um atrativo a mais para nossos consumidores”. Porém, o executivo lembra que a Vigorito já desenvolve - há pelo menos quatro anos - um programa de atendimento aos clientes, que funciona como um grande diferencial do grupo em relação à concorrência. 
 
“Temos algumas ferramentas eletrônicas que nos ajudam a identificar e a atender bem nossos clientes desde o momento em que eles demonstram o interesse de adquirir um automóvel”, afirmou. Hermes Junior revela que o mercado de veículos mudou muito e que a empresa precisou se adaptar. “Hoje você não tem mais aquele consumidor emotivo, que ia até a loja só para ver um modelo e acabava comprando. Agora, o consumidor só vai depois de pesquisar muito e se realmente está disposto a adquirir o bem”, revela. 
 
Para acompanhar esse movimento, a Vigorito investe no treinamento constante de seu pessoal. “Precisamos ter vendedores que entendam as necessidades e limites dos clientes. Mesmo quem não adquire um carro em uma de nossas lojas, continua sendo acompanhado por nós para que ele venha a se tornar um cliente nosso no futuro”, diz. 
 
Expansão
 
A Vigorito começou no Brasil como concessionária Chevrolet, empresa que também acaba de comemorar 90 anos no país. Até pouco tempo atrás, ela tinha apenas lojas que representavam a marca da gravata dourada. “Porém, atingimos um teto na Grande São Paulo, sendo responsáveis por cerca de 20% das vendas da Chevrolet nesta região que é nosso foco. Para avançar, a saída que encontramos foi adquirir lojas de outras bandeiras”, revela Hermes Junior. 
 
Hoje, entre as 14 lojas da Vigorito, há concessionárias Kia, Nissan e Volkswagen também. Em Guarulhos, além da Chevrolet, a empresa vende automóveis dos fabricantes coreano e japonês. “Conseguimos manter o mesmo padrão de atendimento para as diferentes marcas. Algumas vezes, um consumidor procura um determinado carro que pode ser oferecido pela marca concorrente. Essa diversificação faz com que possamos sempre servir bem nossos clientes”, diz. “Temos clientes que confiam no Grupo Vigorito, independente da marca que representamos. Isso é uma conquista nestes 90 anos que temos de história”, completa. 
 
Ações Comemorativas 
 
 Para celebrar as nove décadas, as lojas do Grupo estão sorteando um carro por mês. Quem passar por qualquer unidade e adquirir um carro, utilizar qualquer serviço ou comprar peças, vai concorrer. Esta é uma ação inédita e estratégica para a marca. “Queremos que os nossos clientes se sintam especiais. Vendemos atualmente cerca de dois mil carros, entre novos e usados, ao mês, queremos aumentar este número”.
 
 
Vigorito em números
- 14 lojas 
- 850 funcionários 
- 30 horas de treinamento/ano para cada colaborador
- crescimento de 33,09% em cinco anos
- faturamento anual de R$1,043 bilhão
- crescimento de 10% em unidades vendidas
 
copyright guarulhosweb

 

 

Insira seu comentário

Todos os comentários e opiniões expressas são de inteira responsabilidade dos autores.

Comentários:

  1. Olvia 12/03/2015 10:41

    atendimento na revisão

    Não é tudo isso que estão falando, pois sou cliente de Vigorito há anos. Atualmente adquiri um veiculo da Nissan (kin), o mesmo grupo do Vigorito, porem precisa melhorar muito c/ treinamento dos funcionários, principalmente pelo telefone, e mais ainda, o pessoal da oficina que não costuma cumprir

Insira um comentário