Guarulhosweb
Guarulhosweb

Acusado de matar e queimar o corpo da ex-mulher em Guarulhos pega 37 anos de prisão

Redação Guarulhosweb    18/04/2019 09:33

 

Israel Serafim de Morais foi condenado a quase 37 anos de prisão pela morte da ex-mulher Michele Fiori. O crime aconteceu no bairro da Água Chata, em Guarulhos, em 2016. O julgamento aconteceu na última terça-feira, 16/04. Israel foi considerado culpado por homicídio triplamente qualificado (motivo torpe, recurso que dificultou a defesa da vítima e feminicídio), fraude processual e destruição de cadáver.
 
Michele e Israel tiveram um relacionamento e se separaram no fim de 2014. Segundo familiares, o ex-marido não aceitava a separação e era agressivo. O ex-casal se encontrou no fim de semana para a visita agendada com os filhos e, então, Michele desapareceu.
 
Segundo a polícia, Israel deixou as crianças dentro do carro, entrou na residência e atirou contra Michele. Ele teria voltado ao local e enrolado a vítima em um tapete. Michele foi encontrada carbonizada dentro de um carro, na rua do Caminho 16, na Água Chata. 
 
A polícia não demorou muito para identificar Israel como principal suspeito. Ele fugiu e foi preso quase dois meses após o crime, no Paraguai
 
copyright guarulhosweb

 

 

Insira seu comentário

Seja o Primeiro a comentar esta noticia

Insira um comentário