Guarulhosweb
Guarulhosweb

CASO CIDADE MAIA - Sangue é encontrado fora do apartamento do casal

Redação Guarulhosweb    06/05/2019 14:11

 

Apenas o resultado da perícia poderá indicar, de fato, como ocorreram as mortes do personal trainer Fábio Lopes Idalgo, de 39 anos, e Juliane Ferrazoli, de 28, encontrados mortos na madrugada desta segunda-feira, 6/05, no condomínio Cidade Maia, no Jardim Flor da Montanha. A princípio a polícia trabalha com a hipótese de homicídio seguido de suicídio cometidos por Fábio.
 
A equipe de perícia da Polícia Civil deixou o local por volta das 13h, 10 horas após o crime. Manchas de sangue foram encontradas no corredor do prédio, do lado de fora do apartamento da família. Os investigadores colheram provas que devem colaborar para uma análise detalhada de todos os acontecimentos do crime que chocou a cidade de Guarulhos. 
 
O caso será investigado pelo Setor de Homicídios de Guarulhos, que trabalha com algumas possibilidades do que teria acontecido na cena do crime, entre elas, a versão de que Fábio teria atingido a esposa com golpes de faca, retirou do apartamento a filha de 5 anos, que dormia no momento do crime, e se jogou do prédio em seguida. 
 
A irmã de Juliane afirmou que Fábio sofria de depressão após a morte da mãe, há três meses. E que o casal era tranquilo e não tinha histórico de brigas. A criança está com a família.
 
copyright guarulhosweb

 

 

Insira seu comentário

Todos os comentários e opiniões expressas são de inteira responsabilidade dos autores.

Comentários:

  1. Anônimo 10/05/2019 19:08

    Fabio

    O Primo do Fabio vc não deve ser próximo. FABIO ERA professor e personal sim cref ativo inclusive trabalhamos juntos Ju esposa maravilhosa e dedicada.

  2. William 06/05/2019 16:10

    Informação errada.

    Senhores. Sou primo do Fábio. Gostaria que fosse corrigida a informação de que o Fábio era personal trainer. Ele não era personal, era vendedor da Nike do shopping Morumbi à mais de 10 anos. Passou a atuar em paralelo como personal de 1 vizinho nos últimos meses em seus horários vagos. A inform

Insira um comentário