Guarulhosweb
Guarulhosweb

Banho de loja fez bem ao Chevrolet Spin Active7 no visual e no desempenho

Ernesto Zanon - Especial para o GuarulhosWeb    11/05/2019 17:47

 

Lançada em 2012 com a difícil missão de substituir dois sucessos de venda da Chevrolet – Meriva e Zafira -, o Spin vem cumprindo bem seu papel como um monovolume médio, com capacidade para até sete passageiros, com dois bancos reversíveis. Caiu nas graças de taxistas em um primeiro momento e, durante um bom tempo, teve seu design questionado por muita gente. Na verdade, destacou-se no mercado por sua funcionalidade e bom desempenho.  
 
Na versão 2019, lançada ainda no ano passado, o primeiro banho de loja, que quebrou um pouco a fama de patinho feio da Chevrolet, tornando-se mais agradável de se ver e mantendo bom desempenho e performance. Durante avaliação de uma semana pelo GuarulhosWeb, o Novo Spin Active - versão considerada mais aventureira da família - demonstrou bastante eficiência.  
 
O motor Flex 1.8 ECO de até 111 cavalos de potência e 17,7 kgfm de torque e transmissão automática de seis marchas, cumpre muito bem sua missão.  A nova calibração deixou as trocas de marcha mais lineares e quase imperceptíveis, aproveitando ao máximo o alto torque do motor. O resultado se reflete também no desempenho do carro no dia a dia.  
 
Números da Chevrolet apontam que o Spin Activ7 acelera de 0 a 100 km/h em até 11,3 segundos e de 80 a 120 km/h em até 9,7 segundos, enquanto o consumo urbano é de 10,3 km/l, com gasolina, e 7,0 km/l, abastecido com etanol. O consumo rodoviário fica na casa dos 12,0 km/l e 8,3 km/l, respectivamente, de acordo com dados do Inmetro. Durante a avaliação, com gasolina, o consumo ficou bem perto disso.  
 
 
Novo visual 
 
Além das mudanças da frente e da traseira, perdeu felizmente o estepe na porta traseira, um elemento visual, mas que não funcionava direito, já que atrapalhava o acesso ao porta-malas. Ele foi deslocado para a região do assoalho, sob o porta-malas.  
 
Na parte frontal, o Spin incorporou a nova cara da Chevrolet, com capô mais baixo, commaior inclinação, privilegiando também a aerodinâmica. Os faróis mais afilados, com máscara negra e luz de condução diurna em LED ajudam a criar um aspecto tecnológico, em harmonia com os inéditos contornos do para-choque. Bem parecido com os irmãos.  
 
Na lateral, elementos estéticos e funcionais nas portas, soleira, para-lamas e rodas com acabamento exclusivo de 16” se destacam. A traseira foi remodelada de cima até embaixo. O carro agora traz um aerofólio esculpido na parte superior da tampa, que ganhou janela com contornos mais envolventes, nicho central para a fixação da placa e lanternas mais alongadas e bipartidas, como na maioria dos utilitários esportivos.No teto, um rack exclusivo em forma de “U”, que pode receber barras transversais para o transporte de pranchas ou bicicletas, por exemplo. 
copyright guarulhosweb

 

 

Insira seu comentário

Seja o Primeiro a comentar esta noticia

Insira um comentário