Guarulhosweb
Guarulhosweb

12 mil servidores municipais terão reajuste acima da inflação em 2019

Redação Guarulhosweb    14/05/2019 16:35

 

Um total de 11.996 servidores públicos municipais da Prefeitura de Guarulhos terão reajuste superior a inflação acumulada nos últimos 12 meses, que foi de 4,47%, segundo o ICV do Dieese. Desse contingente, que representa mais da metade do funcionalismo, 5.588 funcionários receberão aumentos maiores que 10%. 2.945 servidores terão 10%; 1.534 receberão 15%; 798 terão 20%; 309 ganharão 25%, enquanto 2 terão 30% de aumento em seus vencimentos. Os aumentos, em decorrência da aprovação do novo Regime Próprio em março, significarão um acréscimo mensal de R$ 3.894.502,74 na folha de pagamento da Prefeitura.
 
O ganho real no salário é apenas um dos benefícios concedidos pela Prefeitura de Guarulhos, desde o início de 2017 quando o prefeito Guti assumiu a gestão. Desde então, diversas ações impactaram diretamente de forma positiva a vida funcional dos servidores, como a realização de concursos públicos, pagamento de servidores sem atrasos, implantação do Regime Próprio, evolução na carreira, relação de transparência nos mais diferentes níveis, parcerias que oferecem benefícios aos servidores, atualização de férias vencidas, programas de segurança do trabalho, além da criação de indicadores de Gestão de RH.
 
Entre os benefícios implantados ainda em 2017 está a cesta básica no valor de R$ 115,00 por mês, que beneficia 9.970 servidores, que recebem salários até R$ 3.318,50. O vale-refeição/alimentação que chega a 20.421 funcionários atualmente é de R$ 495,00.
 
copyright guarulhosweb

 

 

Insira seu comentário

Todos os comentários e opiniões expressas são de inteira responsabilidade dos autores.

Comentários:

  1. Anônimo 16/05/2019 17:51

    Reajuste

    Cesta básica, vale refeição, vale transporte, não são aumento de salário, são beneficios conquistados pelo trabalhador e não devem ser somados como aumento de salário. Deixem de querer enganar o trabalhador.

  2. Anônimo 16/05/2019 17:46

    Reajuste

    Isso não é aumento real, mas um benefício que vem com o regime único. Aumento real é o que reajusta os salários e nem todos passarão para o novo regime, então Sr. Prefeito, como fica a situação deles? Não terão aumento?

  3. Ana Clara 15/05/2019 17:14

    É triste que os meios de comunicação não se preocupem com a realidade dos fatos A verdade é que a atual posição além de injusta não atinge somente 6000 pessoas excluídas mas se reflete para todos munícipes que verão o resultado de tudo isso Servidores desmotivados por desigualdades de direitos

  4. Fernando 15/05/2019 16:07

    Informação tendenciosa

    Uma coisa é reajuste salarial, outra coisa é quinquênio. Favor informar sobre que não receberemos FGTS. Sr Antonio, este é o pior prefeito da história de Guarulhos, desconstruiu a saúde, alguns secretários e assessores despreparados. SEM SERVIDOR, SEM SERVIÇO PÚBLICO Somos humilhados todos os dias

  5. Anônimo 15/05/2019 09:56

    Jornal tendencioso, mais transparência todos os governos acompanharam a inflação menos este. com regime próprio não pagará FGTS, o servidor pagará 11 por cento para o IPREF fora outros encargos que deixará de pagar pelo motivo de vários servidores deixarem de ser celetista. Que venha 2020!!!!!!!!!!!

  6. Fernando 15/05/2019 08:45

    Informação incompleta

    Muitos servidores não passaram para o regime estatutário e não terão reajuste acima da inflação, e os que passaram para o regime especial deixaram de receber FGTS, então não haverá um acréscimo na folha da prefeitura e sim uma grande economia. Publiquem o percentual reajustados dos últimos 10 anos.

  7. Anônimo 15/05/2019 07:49

    reajuste funcionalismo acima da inflação

    De onde vem essa informação? TS não pode ser considerado aumento salarial... E os excluídos que movimentam o sistema com maior produtividade e eficiência??? Se esqueceram da ISONOMIA DE DIREITOS? " 2% NÃÃÃO!!! "

  8. Ramos Nogueira 15/05/2019 07:46

    Acho que essa conta está errada. Os servidores que migraram para o Regime Próprio receberão 5% a mais no seu salário a cada 5 anos trabalhados, porém deixarão de receber os 8% do FGTS e 4,47 das perdas inflacionais, totalizando 12,47% de perdas, então só terá ganho quem tiver mais de 3 quinquênios.

  9. Antônio 15/05/2019 03:17

    Corretíssimo

    Acho que o Prefeito está muito certo. Os funcionários ganham salários acima da média. Não deveria dar aumento nenhum. Deveria também fazer uma revisão de cargos e salários. Tem muita gente ganhando igual Deputado e fazendo um trabalho pior que eles. Pau neles prefeito!!!

  10. Anônimo 14/05/2019 20:55

    Reajuste!!! E o restante que ficou de fora? E os já estatutários?. Este regime não foi justo. Onde já se viu que a transposição beneficiou quem teve FGTS e veio com direito a licença prêmio em descanso...

  11. WALDOMIRO DO AMARAL JR. 14/05/2019 18:08

    Isonomia

    Como assim se somos mais de 20 mil, gostaria de saber o que foi feito dos outros sumiram ou foram colocados no ostracismo, cadê aquele que pregava a igualdade de direitos. Alguém poderia explicar a esses mais de 10 mil servidores pais e mães de família que o seu colega vai ter reajuste e ele não.

  12. WALDOMIRO DO AMARAL JR. 14/05/2019 18:01

    Isonomia

    Como só 12 mil funcionários foram beneficiados se somos mais de 22 mil, então quer dizer que só uma parte dos servidores que fizeram sei lá o que para merecerem reajustes, tenho receio de imaginar o que o restante deixou de fazer, para não serem reconhecidos, o governo não governa para todos.

Visualize todos os 12 comentários

Insira um comentário