Guarulhosweb
Guarulhosweb

Barroca confirma duas mudanças na escalação do Botafogo para duelo no Paraguai

Redação Guarulhosweb    21/05/2019 22:08

 


Em entrevista coletiva concedida na noite desta terça-feira, o técnico Eduardo Barroca confirmou duas mudanças na escalação do Botafogo para o jogo desta quarta, contra o Sol de América, às 19h15 (de Brasília), em Assunção, no Paraguai, palco do confronto de ida entre os times pela segunda fase da Copa Sul-Americana.

O treinador revelou que o lateral-esquerdo Gilson entrará no lugar de Jonathan, enquanto meia Léo Valência substituirá Bochecha. O comandante justificou a opção pelos dois atletas, sendo que o meio-campista não atua como titular desde o início de fevereiro.

"O Léo vem treinando muito forte desde quando cheguei. Teve algumas oportunidades de entrar nos jogos e entendi que entrou bem. Já estava merecendo uma oportunidade. É um jogador de nível internacional, de nível de seleção. Está trabalhando muito duro, merece essa oportunidade. É um jogador que pode fazer (a função de) um terceiro atacante pelo lado esquerdo e pode também em alguns momentos ser um quarto homem de meio-campo. Tem boa finalização de média e longa distância. E tem minha confiança para começar e fazer uma boa partida", afirmou Barroca ao comentar sobre uma das novidades da equipe alvinegra para esta quarta-feira.

Já ao comentar sobre a entrada de Gilson, o treinador lembrou do bom histórico recente de atuações do atleta, que acabou sendo atrapalhado por uma lesão que o tirou do clássico com o Fluminense e também da partida contra o Goiás, no último domingo, no Serra Dourada, em Goiânia, onde a equipe carioca foi derrotada por 1 a 0 pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro.

"Ele (Gilson) jogou contra Bahia e Fortaleza, vinha muito bem, e a gente ganhou estes dois jogos com ele em campo, mas infelizmente teve um desconforto na panturrilha e não pôde jogar contra o Fluminense. Teve recuperação e agora retorna. É um jogador de experiência, de imposição física, e a gente aposta que ele possa dar conta do recado aqui", ressaltou Barroca.

O comandante também comentou o fato de que terá, nesta quarta-feira, a sua primeira experiência no exterior como técnico de um time profissional em sua carreira. "É mais uma etapa na minha vida profissional, estou bastante feliz com essa oportunidade. Sei de minha responsabilidade dirigindo um time da grandeza do Botafogo. Já tive diversas experiências internacionais em outros segmentos (por times de base), como por exemplo em seleção brasileira, como assistente técnico, e agora estou tendo essa oportunidade de fazer um jogo deste tamanho, dirigindo uma equipe como o Botafogo, que dá tranquilidade aos jogadores. Agora é estar tranquilo para tomar as melhores decisões e aproximar o Botafogo da vitória", projetou.

E embora tenha pela frente um rival bastante modesto no cenário sul-americano, Barroca evitou colocar a sua equipe como grande protagonista desta partida. "Na minha cabeça não tem favorito. O Botafogo vai vir aqui respeitando muito o adversário, mas tentando fazer uma imposição de jogo, que é o que interessa pra gente", disse.
copyright guarulhosweb

 

 

Insira seu comentário

Seja o Primeiro a comentar esta noticia

Insira um comentário