Guarulhosweb
Guarulhosweb

Proposta da Prefeitura rejeitada por assembleia beneficiaria mais quem ganha menos

Redação Guarulhosweb    22/05/2019 17:46

 

A Prefeitura de Guarulhos afirmou ter estranhado a greve por tempo indeterminado decretada pelo Sindicato dos Servidores Municipais de Guarulhos (Stap), na tarde desta quarta-feira, 22/05, após a realização de uma assembleia em frente ao Paço Municipal.  Segundo o Executivo, a reunião foi feita com um número reduzido de funcionários. 
 
Além disto, a Prefeitura, por meio de uma nota oficial, destacou que ofereceu um reajuste de 21,7% na cesta básica, R$ 100,00 de abono para quem recebe até R$ 2.100,00, o que beneficiaria 8.556 trabalhadores, mais 10% no Vale Alimentação/Refeição e concessão da 13ª cesta básica no final do ano.  
 
Os números divulgados pelo Executivo foram confirmados pelo Stap. O sindicato, no entanto, alegou que as propostas foram rejeitadas pela maioria dos servidores presentes na manifestação desta quarta-feira. 
 
Ainda de acordo com o Stap, os funcionários da Proguaru irão se reunir em uma nova assembleia marcada para as 18h de hoje. Outro ato, em frente ao Paço Municipal, está marcado para esta quinta-feira.
 
Confira a nota da Prefeitura:
 
"Em reunião de negociação realizada no final da manhã desta quarta-feira junto ao Sindicato dos Trabalhadores da Administração Pública, a Prefeitura refez a proposta para a categoria a fim de beneficiar um maior número de trabalhadores. Em acordo com as lideranças sindicais, os secretários de Gestão, Adam Kubo, e da Fazenda, Ibrahim El Khadi, ofereceram reajuste de 21,7% na cesta básica, abono de R$ 100,00 para quem recebe menos de R$ 2.100,00, o que beneficiaria 8.556 trabalhadores, mais 10% no Vale Alimentação/Refeição e concessão da 13a cesta básica no final do ano.   
 
Com a nova oferta da Prefeitura, o valor do Vale Alimentação/Refeição saltaria dos atuais R$ 495,00 para R$ 545,00 já a partir de maio e a cesta básica para R$ 140,00.  Além destas concessões, os representantes da Administração reiteraram os benefícios já oferecidos aos servidores neste ano, com a transposição para o Regime Próprio, já que mais da metade do funcionalismo terá um aumento nos salários acima da inflação acumulada. Um grande contingente, inclusive, com ganhos superiores a 10%. 
 
Diante da proposta, causou estranheza à administração decisão da assembleia dos servidores, realizada com um número reduzido de funcionários na frente do Paço, que rejeitou a proposta e optou pela greve. Desta forma, os servidores rejeitaram duas outras concessões acertadas no encontro que seriam o abono do dia parado nesta quarta-feira e o pagamento da cesta básica neste mês de maio.."
copyright guarulhosweb

 

 

Insira seu comentário

Todos os comentários e opiniões expressas são de inteira responsabilidade dos autores.

Comentários:

  1. GILBERTO SABINO DE MORAES 23/05/2019 11:56

    Perderam uma boa oportunidade....

    Deveriam aceitar , apesar de não incorporar ao salário mas e um dinheiro que entra todo mês.

  2. Carlos 22/05/2019 20:55

    Bom

    Acho razoável tendo em vista que, nunca os servidores que ganham menos seriam favorecidos

Insira um comentário