Guarulhosweb
Guarulhosweb

Detido por acusação de estupro, médico não foi preso no Hospital Geral de Guarulhos

Redação Guarulhosweb    31/05/2019 12:12

 

Diferentemente do que foi informado na matéria "Médico é preso no Hospital Geral de Guarulhos por estuprar jovem de 18 anos em SP", veiculada nesta quinta-feira, 31/05, pelo GuarulhosWeb, o médico de 40 anos preso ao ser acusado pelo estupro de uma jovem de 18 anos foi detido em Guarulhos, mas não no Hospital Geral de Guarulhos (HGG).
 
A informação foi divulgada inicialmente pelo portal R7. O GuarulhosWeb questionou a Secretaria Estadual de Saúde, que não se pronunciou, e a Secretaria Estadual de Segurança Pública (SSP).
 
No questionamento, a reportagem do GuarulhosWeb foi bem clara sobre a informação que desejava saber. "Boa tarde. Gostaria de confirmar a prisão de um médico no Hospital Geral de Guarulhos, relatada nesta matéria abaixo do portal R7. Obrigado."
 
A SSP, diante deste questionamento, confirmou a prisão, sem negar ter sido no HGG. "A Polícia Civil cumpriu, na tarde de quinta-feira (29), um mandado de prisão temporária expedido contra um médico, de 40 anos, autor de um estupro a uma estudante de 18 anos, ocorrido no domingo 05 de maio, na zona oeste. O homem foi levado ao 51º DP onde a captura foi formalizada”, diz a nota enviada à Redação.
 
Na manhã desta sexta-feira, 31/05, a assessoria do HGG procurou o GuarulhosWeb para negar que a prisão tivesse ocorrido no hospital. "Diferentemente do informado pela reportagem, a direção do Hospital Geral de Guarulhos informa que não houve qualquer prisão de profissional médico na unidade na última quarta-feira, 29/05, requisitando, assim, a retratação de tal informação", disse em nota. 
 
O GuarulhosWeb, então, questionou a SSP novamente. A pasta, desta vez, afirmou que a prisão não foi realizada no HGG.
 
copyright guarulhosweb

 

 

Insira seu comentário

Seja o Primeiro a comentar esta noticia

Insira um comentário