Guarulhosweb
Guarulhosweb

Risadaria faz 10 anos com Megashow

Eliana Silva de Souza    26/06/2019 07:20

 


Projeto criado por Paulo Bonfá, o Risadaria surgiu há dez anos com o objetivo de reunir os mais variados tipos de humor. E o evento vingou, tornando-se sucesso, o que motivou Bonfá a preparar uma comemoração à altura dessa marca, e será com o Megashow, que será realizado nesta quarta-feira, 26, a partir das 19h, no Allianz Parque Hall, em São Paulo.

Ele conta que começou a pensar no festival ao ouvir de diversas pessoas que fazer humor era uma coisa fácil, desvalorizando o gênero, que não é reconhecido como cultura no Brasil. "Isso me incomodava um pouco, porque a gente tem uma relevância muito grande", afirma o humorista, enfatizando que, hoje em dia, os conteúdos de humor são os mais compartilhados na internet.

Para Bonfá, o Risadaria é a celebração da comédia, um momento para reunir todos os estilos, todos os gêneros, em que o importante é tornar a risada parte da diversão. O evento, que será apenas em uma noite, terá no palco 15 diferentes atrações. "No dia da festa, vamos ter a entrega do quinto Grande Prêmio Risadaria do Humor Brasileiro. Pela primeira vez, o público poderá acompanhar a cerimônia, que sempre foi realizada em uma noite fechada", diz Paulo Bonfá. Ele explica ainda que a escolha dos premiados é feita por um colégio eleitoral só de comediantes, roteiristas, diretores, críticos de arte, roteiristas. "É a nossa Academia cômica que seleciona os vencedores, que concorrem em nove categorias: Stand-up, cinema, TV, digital, ator, atriz, show, comédia de teatro, revelação do ano", esclarece, contando que o prêmio é uma homenagem a Ronald Golias (1929-2005), um dos grandes nomes do humor nacional.

Claro que realizar um festival dessa grandeza, reunir nomes atuais, que certamente têm uma agenda cheia, não foi uma coisa feita de uma hora para outra. "Quando terminou o festival no ano passado, já começamos a trabalhar no Megashow, que terá, além das apresentações, a participação de artistas de outras áreas, fora do universo do humor, mas a grande dificuldade mesmo foi conciliar as agendas de figuras como é o caso do Fábio Porchat, que mora no Rio de Janeiro, e do Leandro Hassum, que fica nos Estados Unidos", conta Bonfá, mostrando sua alegria em poder oferecer ao público a oportunidade rara de, em algumas horas, conferir a apresentação de pessoas que dificilmente estariam juntas em uma mesmo dia. "Uma oportunidade única."

Mas toda essa logística precisa ser acompanhada de um trabalho de coordenação e produção afinado. "A gente tem todo um cuidado especial de técnica, cenografia, iluminação, trilha sonora, pois cada um tem sua linguagem, seus elementos e, a cada mudança de show, terá alteração no palco, tudo em tempo real, com uma preocupação milimétrica, pois ninguém vai poder estourar o tempo", diz.

O Megashow desta quarta é um evento separado do festival, que será realizado, como tem sido nesses dez anos, em vários locais de São Paulo, de 5 a 20 de julho. E que depois, de setembro a novembro, segue em itinerância com a parte mais teatral por outros locais do Brasil - Paraná, Rio de Janeiro, Brasília e Fortaleza.

Como não poderia deixar de ser, Bonfá dará o ar da graça. "Nos últimos anos, vou para o palco quando alguém se atrasa ou tem algum problema. Sou uma espécie de curinga, mas terei um horário no Megashow."


As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.
copyright guarulhosweb

 

 

Insira seu comentário

Seja o Primeiro a comentar esta noticia

Insira um comentário