Guarulhosweb
Guarulhosweb

Secretário Rodrigo Barros deixa SDCETI e só fica na Prefeitura até esta sexta-feira

Texto e foto: Paulo Manso    04/07/2019 14:45

 

O empresário Rodrigo Barros vai deixar a Secretaria de Desenvolvimento Científico, Econômico, Tecnológico e Inovação (SDCETI) nesta sexta-feira, 5/07. Secretário da pasta desde o início do governo Guti, em janeiro de 2017, Barros confirmou a saída ao GuarulhosWeb, dizendo que vai voltar a tocar suas empresas. “Só fico até amanhã [sexta]. Vou voltar ao mundo da livre iniciativa e tocar meus negócios”, afirmou por telefone, deixando claro que não pretende atuar formalmente na política nos próximos anos.
 
ATUALIZADA ÀS 16H55: A Prefeitura confirmou que o presidente da Associação Comercial e Empresarial de Guarulhos, William Paneque, subsituirá Barros na SDCETI.
 
Barros enumerou as conquistas da SDCETI em dois anos e meio e disse que deixa o governo com a sensação de dever cumprido. “Quando aceitei o convite do prefeito Guti eu me comprometi a ficar um ano no cargo e tocar alguns projetos prioritários para a cidade. Esse prazo se estendeu para dois anos e, depois, até a conclusão do plano estratégico intersecretarial de longo prazo”.
 
Seu primeiro compromisso fora do governo será assumir, na próxima semana, como CEO da Boali, rede de restaurantes de comida natural do qual ele já é sócio. “O período que passei como gestor público foi de muito aprendizado, profissional e pessoal. Deu para avançar bastante em muitas coisas e enxergar claramente quais são os gargalos que impedem a administração pública de ser mais eficaz”, apontou.
 
Segundo Barros, é preciso uma reforma profunda do sistema público para desburocratizar a máquina e desfazer os focos do que chamou de “micropoderes”. “Além disso, é preciso preparar melhor as pessoas que querem ser gestores públicos. E dar segurança institucional para que os bons valores sejam atraídos a participar do processo”.
 
Entre outras coisas, Rodrigo Barros destacou como conquistas da SDCETI a implantação do Via Rápida Empresa; do Programa A.P.R.E.N.D.E. de auxílio ao microempreendedor; do departamento de Ciência e Inovação; do credenciamento do Parque Tecnológico; e da aprovação da Lei de Inovação. “Nós demos à Secretaria uma relevância que ela não tinha. Outras conquistas virão rapidamente, como as Leis da Micro e Pequena Empresa e de Incentivos Fiscais”, lembrou.
 
copyright guarulhosweb

 

 

Insira seu comentário

Seja o Primeiro a comentar esta noticia

Insira um comentário