Guarulhosweb
Guarulhosweb

Dória corta transporte escolar fretado para 90% dos alunos de Guarulhos

Redação Guarulhosweb    11/07/2019 12:15

 

O governador João Doria anunciou o corte de ônibus fretados para milhares de estudantes do Estado de São Paulo. Segundo matéria do jornal Folha de S. Paulo desta quinta-feira, 11/07, Guarulhos é a cidade mais atingida pela decisão. Cerca de 90% dos alunos que usavam o serviço no município não possuem mais o benefício. 
 
Isto porque, segundo a nova norma estadual, os estudantes precisam ter menos de 12 anos de idade e morar a mais de 2 km da escola para usarem o transporte fretado. Alunos com mais de 12 anos e que residam a mais de 2 km da instituição de ensino agora têm direito a passes escolares.
 
Com isto, segundo a Folha de S. Paulo, de 3.400 alunos guarulhenses que usavam ônibus fretados, apenas 424 vão continuar usufruindo o serviço, o que significa uma redução de quase 90%. Outros 1.234 estão recebendo passe escolar. 
 
Os 1.658 estudantes que ainda são atendidos de alguma forma pelo Estado representam menos de 50% dos 3.400 alunos que recebiam o benefício anteriormente. A Folha de S. Paulo ouviu uma mãe que relatou a dificuldade de seu filho para chegar à Escola Padre Bruno Ricco, no Jardim Presidente Dutra. 
 
Segundo ela, agora ele precisa andar 2, 3 km "em um caminho perigoso, com uma avenida movimentada, onde recentemente um menino foi atropelado" para chegar ao local de estudo. Mesmo utilizando o transporte público, o jovem teria que caminhar por um quilômetro. 
 
Questionado pela Folha de S. Paulo, o secretário executivo de Educação de São Paulo, Haroldo Corrêa Rocha, afirmou que o governo está apenas corrigindo irregularidades no programa de transporte escolar.  Segundo ele, os ônibus fretados, por lei, só devem ser usados em situações especiais. 
 
Em relação à cidade de Guarulhos, o secretario disse que as mudanças levaram a uma economia de R$ 8 milhões. "Técnicos do Estado verificaram que, em parte dos casos, as justificativas de barreiras físicas nos trajetos eram imaginárias", finalizou Rocha.
 
*Com informações da Folha de S. Paulo
copyright guarulhosweb

 

 

Insira seu comentário

Seja o Primeiro a comentar esta noticia

Insira um comentário