Senadores dos EUA pretendem impor restrições à venda de armas para os sauditas

por Guarulhosweb - 09/06/2019 21:27


O senador democrata Chris Murphy (Connecticut) e o republicano Todd Young (Indiana) vão tentar forçar uma votação no Senado dos Estados Unidos contra a venda de armas americanas para a Arábia Saudita, em um sinal de descontentamento por parte do Congresso de alguns pontos sobre a política de venda de armas do governo de Donald Trump. Neste domingo, os dois disseram que introduziriam uma manobra legislativa que poderia resultar em uma votação sobre "encerrar ou restringir a assistência de segurança" à Arábia Saudita, incluindo futuras vendas de armas.

"Este governo deu um cheque em branco aos sauditas. O Congresso precisa mudar a forma como fazemos negócios com o reino", disse Murphy em um comunicado. O novo esforço é parte de uma disputa sobre a postura dos EUA em relação aos sauditas. Há meses, os congressistas americanos pedem por mais cautela no relacionamento entre os dois países, ao citarem a morte de civis durante a guerra dos sauditas no Iêmen e o assassinato do jornalista Jamal Khashoggi. Em abril, o presidente Donald Trump vetou a legislação que pretendia acabar com a ajuda militar para o conflito no Iêmen.

De acordo com os senadores, a resolução a ser apresentada na segunda-feira vai citar a Lei de Assistência ao Exterior, de 1961. O projeto pedirá ao Departamento de Estado que informe dentro de 30 dias sobre as práticas de direitos humanos da Arábia Saudita. Com base nesse relatório, o Congresso poderia votar novamente para bloquear as vendas de armas e outras formas de assistência de segurança dos EUA, criando potencialmente outro confronto com Trump. O departamento e a embaixada dos EUA na Arábia Saudita não responderam a e-mails solicitando comentários. Fonte: Dow Jones Newswires.

Seja o primeiro a comentar esta notícia.


Participe! comente esta notícia
informe o seu nome.
@
por favor um e-mail válido
T

Veja Também

Rússia e Turquia fecham acordo para expulsar curdos da fronteira com Síria

A Rússia concordou em ajudar a Turquia a expulsar milícias curdas de uma "zona segura" no nordeste da Síria, fazendo destacar sua atuação como membro...

22/10/2019 20:23
Vice do Tribunal na Bolívia renuncia por divergência sobre publicação de apuração

O vice-presidente do Tribunal Supremo Eleitoral (TSE) da Bolívia, Antonio Costas, renunciou nesta terça-feira por supostos "desacordos" com a decisão...

22/10/2019 20:19
Diplomata dos EUA na Ucrânia admite pressão de Trump para investigar oposição

O diplomata americano William Taylor, que atuou como embaixador dos Estados Unidos na Ucrânia, afirmou que o governo de Donald Trump condicionou a...

22/10/2019 20:09

Últimas Notícias

Política

Vereadores querem interditar Aeroporto de Guarulhos por falta de AVCB

Nesta terça-feira, 22/10, a Comissão Especial de Inquérito (CEI) da Câmara Municipal de Guarulhos obteve a...

22/10/2019 21:42

Cidades

Saúde promove o 5º Simpósio de Infecção Relacionada à Assistência

Cerca de 100 pessoas participaram nesta terça-feira, 22/10, do 5º Simpósio de Infecção Relacionada à...

22/10/2019 18:41

Educação

Iniciativa do MEC visa a criação de um banco de dados nacional dos estudantes

Nesta segunda-feira, 21/11, o Ministério da Educação (MEC) anunciou a criação do Sistema Educacional Brasileiro...

22/10/2019 18:03