Segunda Feira, 06 de Abril de 2020
(11) 94702-3664 Whatsapp

RESENHA GWEB – “Ameaça Profunda” garante calafrios nos espectadores

Recomendado para quem gosta de sofrer do coração, este “Ameaça Profunda” ganha pontos à medida em que a suspensão de descrença é elevada

Por Redação GuarulhosWeb

09 de Janeiro de 2020

Filmes catástrofe se transformaram em um dos subgêneros favoritos dos espectadores. Desde o começo do cinema, ou melhor, desde que foram inventados efeitos visuais minimamente realistas, cineastas de todos os cantos começaram a unir a criatividade com técnicas de filmagem. O outro filão que ganhou a mesma proporção e de forma parecida foi o de filmes com criaturas assustadoras, monstros aquáticos, terrestres ou de outros planetas. Neste “Ameaça Profunda” você encontrará uma mistura dos dois subgêneros.

 

Acompanhando uma tripulação de pesquisa em uma plataforma petrolífera em alto-mar, o filme constrói o cenário perfeito para o seu propósito. Personagens fortes, de grande capacidade técnica, mas que não saberiam lidar com uma potencial ameaça mesmo que estivesse a um palmo à sua frente. É o que acontece. Mesmo assim, a tensão é bem construída pelo cineasta William Eubank, que dirige a empreitada.

 

Após um terrível terremoto que acometeu boa parte do planeta, a tripulação sofre uma terrível tragédia, na qual toda a plataforma é destruída sob a pressão do mar. Conseguindo escapar, eles precisam atravessar a pé parte do fundo do oceano para encontrar uma outra plataforma, abandonada, na qual teriam chances de pedir socorro ou ao menos sobreviver. Mas o terremoto não liberou apenas uma pressão sobre a terra, e sim verdadeiros monstros, criaturas marinhas consideradas mitos, que passam a caçar o grupo, já bastante fragilizado.

 

Por incrível que pareça, o que soaria absurdo demais até para um filme fantasioso que ultrapassa a credibilidade da ficção científica, aqui faz sentido. Isso porque o mote não é a premissa de uma catástrofe ou dos monstros, mas sim o instinto de sobrevivência, como em um bom filme de suspense. Aliás, a tensão é bem construída pelo talento do diretor e pelo elenco, que conta com Kristen Stewart e Vincent Cassel como os melhores em cena.

 

Recomendado para quem gosta de sofrer do coração, este “Ameaça Profunda” ganha pontos à medida em que a suspensão de descrença é elevada. Ou seja, quanto menos você achar que tudo aquilo pode acontecer em uma plataforma petrolífera, mais ligado estará à história e à tensão construída para ela.

 

 

Opinião Gweb

Nota do filme (de 0 a 5): 3

Recomendado? Sim. É uma divertida incursão ao fundo do mar, na qual o espectador terá calafrios pelo suspense construído e pelas criaturas apresentadas.

Onde assistir: Circuito Cinemas - Shopping Bonsucesso (Avenida Juscelino Kubitschek de Oliveira, 5308 - Jardim Albertina)

 

Serviço

Ameaça Profunda

Ano: 2020

País: EUA

Duração: 95 min

Direção: William Eubank

Classificação: 12 anos